24/02/11 Christian Gurtner

A história e a hipocrisia


Por

Uma imagem vale por mil palavras:

Gladiadores antes. Hoje Full Contact Fight, Touradas, Rodeios, Etc.

Émuito fácil falar. Falar é tão fácil que, mesmo quem possui alguma deficiência que impede o uso da voz, pode escrever ou até mesmo usar sinais como forma de comunicação.

E o ser humano adora falar. Na maioria das vezes para se vangloriar de algo ou se sentir acima de outros que já passaram por aqui.

Assim vemos um discurso que se repete há séculos: “o homem de antigamente não tinha noção de como ser civilizado. Era, muitas vezes, grotesco e até selvagem.”

Mas a história nos mostra como essa afirmação é hipócrita. Vamos fazer um comparativo com as afirmações dos pregadores da evolução intelectual do homem e como as coisas realmente são.

1 – “O homem da antiquidade era sanguinário, se divertia vendo outros homens e animais se degladiarem”

Nos dias de hoje temos Full Contact Fight, touradas, rodeios e vários outros “esportes” em que uma multidão se reúne para ver sangue.

2 – “Os homens da antiguidade eram depravados. Faziam orgias sem o mínimo de vergonha.”

Pelo menos eles tinham uma desculpa mais “nobre” para fazer isso: deuses. Mais precisamente o deus Dionísio (Baco, no panteão romano). Hoje temos casas de swing (troca de casais e orgias), festas “muy calientes” de políticos e o mercado de pornografia gigantesco sem nenhuma razão além do puro prazer “depravado”.

3- “Os homens de antes não tinham coração. Não sentiam nenhuma pena ou compaixão colecionando escravos”

Oficialmente não temos mais escravos hoje. Mas em muitos países, como o Brasil, colocamos em nossas casas pessoas que trabalham o dia inteiro e ganham uma merreca para sustentar a família e não temos nenhuma compaixão ou pena por isso, afinal, é esse o “salário”. Muitos patrões tratam esses “funcionários do lar” como se não fossem pessoas própriamente ditas ou simplesmente pessoas “inferiores”. Não é escravidão, mas o conceito é o mesmo.

4- “O homem medieval era cego. Fazia guerras e matava em nome da religião”.

Fazia? Matava? Por que usar esses verbos no pretérito?

5- “Na verdade, os homens de antigamente matavam facilmente por qualquer motivo. A vida não tinha nenhum valor”

Quantas pessoas morrem hoje em dia nas mãos de alguém tentando roubar uma carteira ou um tênis, mesmo?

O mundo roda, roda, roda e cá estamos nós. Nossa ignorância é secular. Assim como nossa hipocrisia.

 


Informações sobre o artigo

- Publicado em 24/02/2011, na categoria História e Mistérios
- Escrito por ;
-
Encontrou um erro? | Tagged: , , , , ,

Sobre o autor

Christian Gurtner Escritor, pesquisador, estuda sobre história e mistérios e é piloto comercial de aviões. Fundador e editor do Escriba Cafe (Siga o autor no Twitter).

Use o formulário abaixo para reportar um erro

Selecione o tipo de erro/problema:

Descreva com detalhes o problema:

ANTI-SPAM: Responda utilizando um numeral:

Quanto é cinco menos três? 

  • Ricardo

    Olá Christian, por estes e outros assuntos, acho que deverias preparar um podcast sobre a série Zeitgeist (Zeitgeist: The movie, Zeitgeist: Addendum e Zeitgeist Moving Forward)…

    Abraços !

    • Alisson

      Tem o “Zeitgeist Moving Forward” ??
      Nem sabia ! Vlw ae ^^

      P.S.: Christian, apesar de ser seu fã, concordo em partes em seus pontos de vista, mas falta expandir um pouco seus horizontes, principalmente sobre o Brasil

    • http://www.escribacafe.com Christian Gurtner

      Expandir por quê? Acha a afirmação sobre o Brasil/empregados falsa?

    • Alisson

      Wow ! Que semana louca esta !
      xP
      ————————————————
      Me desculpa, Christian, me expressei mal e ví o artigo de forma errada, afirmando algo talvez errado e preciptado ^^
      Eu deveria ter perguntado “Qual a sua intensão e objetivo com este artigo ?”, mas a falta deste fator chamado tempo, que é tão relativo, onde os dias passam lentos e as semanas passam tão rápidas, fui equivocado com meu comentário.

      Continue assim. Sempre se superando cada vez mais.
      [Se puder, me conceder um pouquinho de seu fator relativo para responder a pergunta que eu deveria ter feito anteriormente eu ficaria lisonjeado] x)

    • http://www.escribacafe.com Christian Gurtner

      o objetivo é simples: mostrar através de fatos como somos hipócritas ao criticar a “selvageria” do homem antigo

    • http://www.escribacafe.com Christian Gurtner

      o objetivo é simples: mostrar através de fatos como somos hipócritas ao criticar a “selvageria” do homem antigoantigo

    • Jadson

      Acredito que isso decorre da própria natureza do ser humano.
      NUNCA vamos conseguir mudar isso, enquanto uns se pertubam outros não estão nem aí e sempre nos fatos históricos ou atuais vamos encontrar isso.
      Bom texto. Parabéns!!!

    • Esley Silveira Albernaz

      sou novo por aqui mas fiquei com vontade de comentar.

      sou ateu e esses dias veio um pessoal da igreja testemunhas de Jeova aqui
      tentar me evangelizar, me disseram que o fim esta próximo e que o mundo nunca
      foi tão violento como é atualmente, sorri educadamente e expus o meu ponto de
      vista, comentei com a moça:

      você acha mesmo isso?? Eu não preciso voltar nem 100 anos que eu vou passar por
      duas guerras mundiais, ditaduras, nazismo e por políticas de estado em que se
      um grande fazendeiro matasse seus subordinados isso nem ao menos era crime, o
      que acontece hoje em dia é que a maioria dos crimes são comentados e
      sensacionalizados pela mídia, logo ficamos com esse sentimento de que as coisas
      estão cada vez piores. Eu acho que ainda
      tem muito o que melhorar, mas com certeza estamos vivendo em uma das épocas mais
      seguras de todos os tempos, a ignorância do povo é que não permite que vejam
      isso!

  • Pingback: Tweets that mention A história e a hipocrisia | Escriba Cafe -- Topsy.com

  • http://www.facebook.com/people/Robson-Rosa/1001405089 Robson Rosa

    Falou tudo…
    A propósito, a figura da tourada (terceira da esq. pra direita) é sensacional, não sei porque, eu sempre torço pro touro.

  • http://www.facebook.com/people/Robson-Rosa/1001405089 Robson Rosa

    Falou tudo…
    A propósito, a figura da tourada (terceira da esq. pra direita) é sensacional, não sei porque, eu sempre torço pro touro.

  • http://twitter.com/carloshakme Carlos Hakme

    Infelizmente ainda vivemos em um mundo de hipocresia !! Como você disse, é facil falar dos outros e não olhar para si mesmo!! Muito se fala em ajudar o próximo, mas por outro lado, pessoas que dizem defender os de menos posses e recebem salários absurdamente superiores. E onde está a ajuda?? Apenas falar ?? Não adianta, queremos atitudes. Se cada um fizesse sua parte, já estaria de bom tamanho! Um exemplo básico que podemos citar, são nossos políticos !! Mas se mexer muito nesse “caldeirão” vai “feder”.
    Parabéns pelo texto e principalmente pelo Podcast que sou um fã assíduo!!

  • http://twitter.com/Lord_Balrog Christian Vinharski

    Genial, Christian.
    Canso de dizer as MESMAS coisas quando me deparo com pessoas discutindo assuntos assim. E, claro, a maioria não gosta nenhum pouco de ouvir essas afirmações.

    Isso só prova o tamanho de ego/ignorância crescente no Homem durante os séculos — achando-se sempre o ser mais evoluído que outros. Até mesmo com seus antepassados.

    E, claro (novamente), que só mostra a hipocrisia eterna do ser humano.

    Obrigado pelo post.

  • http://www.facebook.com/people/Thiago-de-Paula/100000566673095 Thiago de Paula

    Christian Gurtner foi genial esse post.
    O mundo continua o mesmo.

  • http://www.facebook.com/people/Thiago-de-Paula/100000566673095 Thiago de Paula

    Christian Gurtner foi genial esse post.
    O mundo continua o mesmo.

  • http://www.facebook.com/people/Thiago-de-Paula/100000566673095 Thiago de Paula

    Christian Gurtner foi genial esse post.
    O mundo continua o mesmo.

  • http://www.facebook.com/people/Patryck-Sassaki/1277184653 Patryck Sassaki

    Muito bom essa postagem, realmente nos dias atuais ainda continuamos com varias de nossas culturas antigas, o que muda atualmente é os meios, agora temos a internet, qual será o novo metodo sanguinario ?

  • http://www.facebook.com/people/Thiago-Spegiorin-Bersani-Buchetti/1270366159 Thiago Spegiorin Bersani Buche

    Inocente aquele que acha que o Homem muda e que a humanidade vai prosperar um dia…..

    • Erick

      You may say I’m a dreamer, but I¬¥m not the only one =D

  • Brazileiro

    Chis, parabéns… ttexto simples e direto! Realmente o ser humano não parece evoluir, se evoluí é quase que imperceptivo ainda mais olhando e refletindo em cima do seu texto.

    Continue o lindo trabalho, fique em paz e com o mestre Deus.

  • http://twitter.com/DiegoLemosAvila Diego Avila

    Muito bom seu artigo. Cabe ressaltar o fato que muito disso se deve a uma visão evolucionária de história que nos é ensinada em que o homem, ao longo dos séculos, foi se civilizando, superando assim seus antepassados. Adicione-se a isso a nossa noção de supremacia ocidental-cristã, que nos faz julgar boa parte do universo oriental, atualmente focado nas religiões islâmicas, como algo decadente, e terás outro poderoso fator de hipocrisia.
    Noto que a violência é algo culturalmente aceito em nossas diversas facetas civilizacionais e acrescentaria ao que já foi dito, filmes que retratam o sofrimento físico de seres humanos e jogos eletrônicos que seguem a mesma linha, que mesmo sendo fictícios, não deixam de criarem níveis de imersão no universo da violência.

  • RUBEM_DOBU

    DIEGO, PARABÉNS POR SUAS PERTINENTES OPINIÕES. PALAVRAS BRILHANTES!

  • Jjbartfalcon

    “A história dos grandes acontecimentos do mundo não é mais do que a história dos seus crimes.” Voltaire, filósofo e romancista francês.

    http://historialadob.blogspot.com/

  • Jjbartfalcon

    “A história dos grandes acontecimentos do mundo não é mais do que a história dos seus crimes.” Voltaire, filósofo e romancista francês.

    http://historialadob.blogspot.com/

  • http://www.facebook.com/fernando.bertolo1 Fernando Bertolo

    Vamos lá, polêmica mode on:

    Eu gostaria de dizer que discordo completamente do artigo acima, pois é uma análise totalmente generalista da situação.

    É claro que toda a sociedade tem avanços e retrocessos em seus processos históricos, ainda temos, por exemplo, agrupamentos sociais que cortam o clitóris de suas mulheres. mas de uma maneira geral estamos evoluindo sim. E isso não significa que nos sentimos superiores em relação aos nossos ancestrais, pelo contrario, significa que devemos ter orgulho das pessoas que, por exemplo, morreram na revolução francesa para defender os direitos humanos universais. Nunca tivemos uma taxa de consumo de alimentos tão alta por habitante, nem de saneamento básico, expectativa de vida ou mortalidade por habitante. É verdade que não alcançamos o ideal, mas negar nossa evolução é negar as lutas de todos que morreram pra fazer do planeta um lugar mais justo.

    Ps: Discordo do artigo, mas adoro o blog, de qualquer forma parabéns pelo trabalho e vontade de expor sua opinião

  • Pedro

    Realmente algumas tradições, diversões e atitudes que temos hoje ainda carregam um ar medievalístico, bruto e totalmente condizente com o passado que tanto depredamos.
    Mas por exemplo a luta de hoje, UFC que seja, reúne pessoas para ver um espetáculo baseado na violência sim, porém, cada lutador tem o direito de escolher se quer ou não continuar ali, diferente dos gladiadores.
    Já rodeios, touradas, brigas de galo e outras tantas formas de diversão contemporânea baseadas na violência e quem envolvem animais, essas sim me enojam. Até porque o animal não tem direito de escolha, ele está obrigado a estar ali.

  • Samuel Santos

    Antigamente, TODOS os empregados eram escravizados. Hoje em dia, só pessoas soberbas o fazem. Pois tem gente que contrata empregados por não ter tempo de cuidar da casa, e é com esse trabalho que eles sustentam a família, pois é isso que sabem fazer. A diferença de antes para agora é que antes as pessoas não conheciam o conceito de civilidade, cometer barbaridades era considerado normal, hoje em dia, matar por causa de um tênis, buscar prostituição, até quem faz isso sabe que está errado. O que se pode concluir é que o mundo mudou fisicamente em uma parte e se manteve em outra, mas mentalmente, a maioria esmagadora mudou, pois até pessoa mais ruim tem consciência da loucura e da maldade. É claro que tem sempre gente alucinada, mas até o cretino que corta a cabeça de um gato sabe que está fazendo aquilo por maldade, e não por necessidade de adorar algum deus. Eu acredito que só é hipócrita quem quer.

Informações e Contato