Democracia Brasileira

Por Christian Gurtner

Mais uma teoria de guardanapo.

A democracia brasileira nua e crua.

Clique na imagem para ampliar.

Sobre Christian Gurtner

  • http://www.magiasebarbaridades.com Fabio Ciccone

    Faltou o “Todos somos iguais perante a lei, a não ser que tenhamos um cargo eletivo”

  • António

    Humm, parece-me que a sua teoria é aplicável em quase todos os planetas do sistema solar! Os politicos alimentam-se de votos e após serem eleitos, fazem uma sesta até á próxima refeição, ou melhor, eleição.

  • http://twitter.com/edulacerda Edu

    Bom, vou comentar longamente e tecer discordâncias e algumas concordâncias:

    .Se algo é proibido, deve ter um motivo já que não vivemos em ditadura. Além disso nada impede que um dia isto seja legal. Éassim em qualquer lugar do mundo. Liberdade não é fazer tudo aquilo que se quer, senão seria altamente provável que os seres humanos viveriam em selvageria. Liberdade é poder fazer tudo que não seja proibido por uma lei válida e pretensamente legítima, implicando na possibilidade de questionar as proibições.

    .Politicamente correto é uma espécie de moralidade e como tal é uma convenção coletiva sem sanção. Contrariar a moral dominante no máximo só faz que você seja mal visto. E como eu disse, é a moral dominante que você contraria, já que você tem sua própria moral. Como felizmente temos liberdade a moral não é a lei. E por esta mesma liberdade a cada um é dado o direito de ter julgamentos morais contrarios, e inclusive te “condenar por ferir o politicamente correto.

    .A igualdade capitalista é meramente igualdade formal. A partir de diversas lutas conquistou-se direitos, entre os quais a discriminação positiva. A discriminação positiva, tal qual os direitos não podem ser confundidos com os privilégios da antiga nobreza, visto que os primeiros agem como mecanismos para a aproximação da igualdade material. Ou seja, são mecanismos compensatórios para a realidade fática desigual. Assim se justifica o fato de uma mulher não ser obrigada a servir nas forças armadas, ou as licenças paternidade e maternidade terem duração diferentes, ou a própria existência de programas sociais que não abarcam todos os cidadãos. De forma alguma são privilégios. Dizer os direitos, e fazer discriminação positiva são escolhas políticas de cada sociedade.

    .Não vou entrar no mérito da escolha “racial” e suas inúmeras justificativas (dívida histórica, pobreza, discriminação negativa, e até mesmo a pretensa necessidade de criação de uma elite negra), já que como disse são escolhas políticas. Eu sou a favor, você é contra. O maravilhoso é a democracia permitir a divergência sem termos que pegar em armas.

    .Só acho que se você vem falar que a ultima fala do presidente Lula sobre os brancos de olhos azuis é uma (perdo-me pelos termos usados) atitude cínica, ou no mínimo de alguém que analisa as coisas fora de contexto, ou está cego por acompanhar apenas um lado do jogo democrático. Aliás, quem está fora deste jogo (estrangeiros) facilmente captou a mensagem.

    .Concordo que muito das prerrogativas dos políticos são privilégios. E concordo que nossa realidade fática traz mais privilégios a esta classe. Só que desconheço lugares em que seja diferente, embora não exima nossos políticos e nós cidadãos de nossa culpa.

    .Quanto ao voto ser obrigatório, é, repito, uma opção que se justifica tanto para o bem quanto para o mal. Aqui eu e você concordamos que o voto seja facultativo, embora possivelmente por razões diferentes.

    Só que este post ficou parecendo na minha opinião um pichar de muros de adolescente rebelde. Se foi sua intenção meus parabéns, se não…

  • Edu-02

    Christian,
    acho que vc encontrou outro Ivan neste Edu????? Ups

    Acho, Edu, que o Christian não é adolescente.Éum cara muito inteligente e de fato não precisa se quer da minha defesa. A sua fala Edu, esta cheia de filosofia que não condiz com a vida real. Vou colocar apenas uma questão: as cotas nas universidades.
    Estas cotas só criam mais problemas de discriminação, os próprios negros falaram isto em entrevista essa semana (revista época).Todos deveriam ter liberdade de falar o que pensam, mas somos reprimidos. Acho ridículo eu ser obrigado a votar nesta corja de políticos deste pais.Realmente é como o Antonio falou “até a próxima refeição”,somos apenas a comida que engorda os políticos no Brasil.
    Sou negro e nunca me sente em elite alguma.Fiz um curso superior pelos meus próprios méritos, quem tem méritos não precisa de cotas para mostrar o seu valor.E como economista que sou, não existes capitalismo meramente formal. Isto não existe. O capitalismo é selvagem e passa por cima de tudo.
    Agora se a sua critica é verdadeira bem……………acho que com alguma ressalvas parabéns, se não………….

  • Wilson L. Malietti – RS

    Edu 1 – Bom o seu comentário. Mas refiro-me à sua montagem, não ao conteúdo.

    Posso jurar que você é um recém formado em ciências sociais ou direito, do tipo que passou muito tempo na sala de aula e pouco tempo na “rua”.

    Acorde, amigo, o que você aprendeu aí é mera ilusão, em breve o sonho acaba e você revisará todo esse aconchego textual teórico, como a que proferiu acima.

    Não estou defendendo ninguém, afinal – como disse o EDU 2 aí em cima – não creio que o Sr. Gurtner precise de defesa, já que há muito que ele vem provando sua capacidade democrática e justa de permitir até mesmo o mais atrevido comentário estar aqui presente e muitas vezes até debater, e se você tivesse entendido que essas “teorias de guardanapo” são apenas um humor baseado em críticas (corrija-me se estiver enganado), não teria perdido seu tempo escrevendo tanta bobagem juvenil.

    Parabéns, Gurtner, pelo trabalho geral, e um abraço do Sul, Tchê!

  • http://twitter.com/edulacerda Edu

    @Edu-02
    Xará (posso te chamar assim?), sei que ele não é um adolescente, apenas a crítica dele ficou parecendo neste nível (ao menos para mim). Não vi a Epoca, mas sei com certeza que da mesma forma que existe gente contra (de todas os tons de pele, e não raças) e até com bons argumentos, existe gente a favor. Como eu disse, não quero discutir este assunto pois julgo que aqui não é o espaço adequado para tal. Apenas me limitei a exemplificar argumentos comuns usados para justifica-la, inclusive um que eu julgo uma bobagem sem tamanho que é a tal criação de uma elite negra supostamente para servir como exemplo e blablabla.
    Como eu coloquei, muitos dos direitos que temos justamente tentam “amenizar” ou modificar a realidade que o capitalismo (em suas diversas mutações na história) trouxe e continua a trazer. Quanto ao fato de sermos comida, aí temos uma concordância. Só que isto não exime nossa responsabilidade. Me lembro uma vez numa palestra em que o palestrante perguntou quem é contra os políticos, e logo em seguida perguntou quem gostaria de ser político para fazer diferente. Acho que você deve imaginar as respostas.

    @Wilson
    Sim, me formei a pouco tempo em Direito. Quanto a passar tempo pouco tempo na rua, posso dizer que boa parte dos anos de faculdade passei fazendo estágio e voluntariado obrigatório (só estudando aqui para entender) com pessoas carentes. Meus sonhos e minha visão se alteraram muito nestes anos. Perdi alguns sonhos, e ganhei outros. O que seria da vida sem eles, não é mesmo?

    Eu realmente gostaria de repensar minha visão, só que sem enumerar críticas fica difícil. Dizer que se está errado sem apresentar o erro é acreditar possuir a verdade sem apresenta-la, tal qual um iluminado. Cuidado com isso.

    Quanto a ser humor, sim é humor. Mas sempre encerra uma crítica, por superficial que seja. Alguns dos melhores quadrinhos foram e são assim. Mas como se pode perceber do Twitter dele, é o que o Christian acredita ou aparenta acreditar. Quanto a permitir discordância, é o mínimo que se espera de um espaço democrático. Este termo permitir nem deveria ser usado aliás, já que ele é inerente a democracia. Mas isso não importa agora, e fico feliz que assim seja e o Escriba não seja usado como um grande monólogo em uníssono como outros espaços. E é por isso e pelo bom conteúdo – apesar de nem sempre me agradar – que acompanho o blog e o podcast desde meados do ano passado.

    Quanto a perder tempo e escrever bobagem juvenis, seu comentário até me faz feliz. Nunca se perde tempo argumentando, discutindo. Éuma das grandes coisas humanas. Apontar erros, criar estratégias, surgimento de novas idéias são apenas algumas das possibilidades de se perder tempo escrevendo e falando para outros, ainda que estes pensamentos para eles sejam bobagens juvenis. O exercício intelectual quase sempre é útil e necessário. Pense também que eu também posso considerar o que você escreveu como bobagem. E aí? Empatamos?

    Sobre as bobagens serem juvenis, podem ser sim, mas não se esqueça que as melhores idéias costumar aparecer na juventude ou no inicio da maturidade (há excessões também), e que muitas das coisas mais cruéis feitas pelo ser humanos foram conduzidas por homens velhos. Pense também qual é média de idade dos políticos de nossa época.

  • http://patux.com.br Patux

    Não sou bom redator de bíblias (vide bíblia acima), hehehe.
    Um comentário breve sobre cada ponto:
    (1)Somos livres para falarmos o que quisermos, mas nada garante que vamos continuar vivos depois disso! hehehe… (e sabemos que não estou exagerando!!);;
    (2)o voto obrigatório é ótimo para os péssimos candidatos, principalmente pelo fato de que apenas eleitores politicamente ignorantes ou os eleitores plenamente favorecidos votam em candidatos que prezam pelo interesse particular em detrimento do interesse social;;
    (3)resumirei numa frase que infelizmente não me recordo o autor: “Todos somos iguais, mas alguns são mais iguais do que os demais!” (xiiiiii!!!!)
    Até breve!!! (Patux)

  • http://www.musicaaprovada.blogspot.com Almir Junior

    Ja nos tempos antigos de minha vó se dizia o que é proibido é mais gostoso, proibir é preciso isso é fato, mas o que proibir, no nosso medilcre Pais tudo é proibido exceto o que se deve proibir, vamos expandir o comentario para o mundo e citar a questao tao contraditoria de um dos ultimos textos aqui do escriba, o caso da garota estrupada por um verme… Nao preciso entrar em detalhes mas o crime é aceito ja os medicos salvarem a garota nao.
    Passamos ao outro item, é fato tambem que no nosso pais no minimo 70 por cento das pessoas votam sem consciencia, apenas por votar, desta forma fica facil eleger politicos medilcres como os que la estão.
    Quanto a diferença, meu tom de Pele é considerado negro e eu acho uma falta de vergonha haverem vagas especiais isso é discriminação de raça, EU POSSO CONSEGUIR UMA VAGA COM MEU POTENCIAL.
    Por Hora é só fui…

  • Samuel Varela – Crato-CE

    Fico a imaginar como seria o Brasil se o voto não fosse obrigatório.

  • http://www.encenando.wordpress.com Marcus

    @samuel
    se caso um dia o voto deixar de ser obrigatorio… provavelmente durante toda uma geracao teremos uma recessao de votos…
    isso vai ser pecimo…. massssssss….. a longo prazo… será otimo

    quanto a distincao de cor
    o caso do lula, e que concordo com a opniao do lula e nao com as palavras usadas… temos q saber q foi um termo figurativo… infeliz… mas foi… e que a midia internacional acabou pegando nessa figuracao infeliz dele! normal…. quer falar bonito e acaba falando merda!
    mas eu seria muito mais a favor de critica de cotas em faculdades… simplesmente pq somos brasileiros… o que deveria existir eh cota para pobreza…

  • Patrick

    Precisamos de uma reforma política, pra isso acontecer …
    Precisamos de uma revolução, so que como os brasileiros são acomodados, acho difícil de isso acontecer.

  • Edu-02

    Edu,

    Não entendi a sua replica?????

  • JB Paranhos

    como sempre reclamando, e não agindo…

    você nada mais é do que um brasileiro conformado…

    sai da internet e vai tentar resolver !!!!

    pelo menos 2 das coisas que reclamou, pode no mínimo entrar com a ação na justiça.

    é como o caso da cemig, o problema é da estatal… mas porque não montas um gerador em casa ou procura indenização na justiça??

  • samuelvarela@gmail.com

    É, Marcus…
    Acho que seria isso mesmo…

    “massssssss….. a longo prazo… será otimo”
    Ou não… porque poderia acontecer de a “comprar de votos” ser maior, já que ninguem teria a obrigação de votar os políticos teriam que se virar mais para obter mais votos de uma determinada região…

  • Edie Ota

    Ei JB Paranhos,

    Você resolveu alguma coisa???? Éum brasileiro conformado?
    Se não sai vc também da internet cara e vai fazer algo em vez de ficar mandando os outros fazerem o pá!!!!!!!!!!!!!!!

    E depois os portugueses é que são burros!!!!!!!!!!!!
    Brasil pois sim!!!!!!!!!!!!!!!

  • http://diegosallun@hotmail.com Diego Bueno

    Christian, suas palavras são muito bem claras. Mas será que as pessoas já não sabem dessa teoria, e apenas se fazem de cegas e surdas mudas? Eu acho.

    De qualquer forma, gostaria de dizer que sou um ouvinte frequente dos seus podcasts. Sempre fico atento às novidades, e logo que um novo é publicado, faço o download e carrego pra ouvir no carro, no caminho do trabalho e da faculdade.

    Por isso, ouvindo um de seus podcasts, lembro de vc ter comentado que havia um “contador”, que dizia quanto tempo iria levar para ser publicado o próximo podcast. Isso ainda existe?

    Um abraço, e parabéns pelo projeto.

  • IVAN

    Como diria o poeta.
    “Opiniões. As pessoas estão cheias delas. E eu estou cheio delas. Delas e das pessoas.”
    Mas por qual cargas d’água tinham que me desentocar. Eu aqui passeando pelo blog discordando silenciosamente do Christian e vem alguem me citar , justamente em um post que gostei, uma boa piada , com boa dose de ironia.
    Eu acho que o Edu tem razão em seus argumentos e é um bom contraponto a piada do Christian , assim temos dois pontos de vista para pensar e o blog não virar um monologo.
    @Edu-02
    Aparentemente você se formou em economia, mas não aprendeu português, nem história, nem economia, pelo seu texto fico imaginando qual o seu mérito e a faculdade onde se formou, além disso tem muita gente que considera Hitler muito inteligente também( só pra não fugir da erística Christian :) ainda que eu prefira a retórica, não sou tão evoluído ainda. ;) ), mas como você não entendeu a replica do Edu acho que não vai entender meu comentário também.
    @
    Christian
    No mais , torço para que seu computador ( com , Windows, OS X ou *nix ) fique pronto logo, seus podcasts fazem falta, continuam sendo um dos melhores da net.

  • Edu-02

    OI Ivan o terrivel ou melhor desintocado…………..

    Acho que vc dever ter complexo de enciclopédia ou de Socratis.
    Vc se acha muito esperto nos seus pontos de vista.Sou economista e dos bons. Vc não tem capacidade para saber disto, pois “Graças a Deus” se ele existe ) não te conheço.
    Vc se acha o dono da verdade, mas para mim; vc é uma pessoa amarga e muito chata. Usando as palavras do Christian vá para outros blogs.
    Agora quanto a não saber história e portugues, acho que estamos empatado ( vou te dar este honra), reveja os seus post, Ivan o terrível.

  • IVAN

    @Edu-02
    flame mode off
    Atendendo a seu convite , voltei e olhei os comentários e você tem razão, eu não sei escrever, infelizmente não sou formado em nada e nem mesmo sei quem é esse Socratis de quem você fala mas sempre é oportunidade de aprender.
    Então não estamos empatados não, você venceu. Além disso fui rude com você só por ter me citado.
    Fala pra gente em qual faculdade você se formou, se não se importa, não é por nada demais, mas acho que outras pessoas, eu inclusive, podem aproveitar e estudando lá aprender boas coisas também.
    :) Bom feriado.

  • Edu-02

    Ivan,

    Desejo o mesmo para vc.

  • IVAN

    Obrigado
    Mas continuo curioso , qual o nome da faculdade onde você estudou ? Não é relevante mas fiquei curioso.

  • Jackie

    Ivan,

    Acho que vc é uma pessoa que dever ser até legal. Só não entendo porque gosta desse papel de chato?
    Você não sabe quando parar suas provocações.Você sofre de cotoveloma?
    Seja mais humile! Deixe as pessoas em paz. Como disse o EDu-02, você parece muito amargo, só vê o lado negativo das coisas.
    A sua birra com o Christian é que você não tem a capacidade dele de criar podcast como os que ele faz.
    Se é tão bom assim, crie um blog para você e fique esperando o acesso das pessoas. Émuito facil ficar atras de um pc metendo o pau nos outros e trabalhos alheios. Você e esse paranhos devem ser a mesma pessoa. Hein confessa.
    Um bando de gente chata e com muita dor de cotovelo.

    Ivan você é realmente um pé no sac……………. dos outros e quem sabe da humidade. Você é casado???? então va encher o saco dela pô.

    Tem mais você é BURRALDO, BURRILDO E BUROIDE.

  • IVAN

    @ Jackie
    Não acho que você pense que posso ser uma pessoa legal, e também não sei porquê você acha que precisa me xingar em tantos sinônimos, minha birra com o Edu-02 já passou dois comentários acima, mas, como ele mesmo disse é um bom economista e como eu já disse não sou formado em nada, pois bem isso me deixou com a curiosidade em saber onde ele estudou e se formou, talvez ele não queira dizer isso é direito dele, mas não esperava que outras pessoas se sentissem provocadas com a questão ao ponto que você se sentiu.
    Acho que foi por isso que ví graça na piada do Crhistia, e como disse acima é uma boa piada, uma ironia aguda e adequada.
    Mas vemos, nos comentários mesmo, as consequências para quem discorda do pensamento dominante, e nessa parte outro elogio ao Christian pois ele não cala a boca de ninguém, pelo menos não me moderou até agora, assim como não parece moderar outras pessoas, concordem com ele ou não.
    Quanto a fazer podcasts, não sei em que comentário eu falei mal do podcast do escriba cafe, já disse mas não custa repetir que acho ele um dos melhores da internet, pelo menos entre os que eu conheço.
    De mais a mais eu não tenho o mínimo talento para escrever blogs e menos ainda para fazer podcast, mas espero que isso não tire meu direito de ter uma opinião e expressar essa opinião quando eu achar oportuno e tentarei fazer isso sempre que for possivel e sem ofender ninguém e quando eu fizer tentarei reparar como já fiz acima com o Edu-02.

  • Edu-02

    Caro Ivan,

    Antes de mais nada quero me desculpar com todos. Normalmente não sou agressivo.

    Ivan, me formei pela USP. Mesmo tendo um curso superior tive muitas dificuldade por causa da minha cor. Tive que provar muitas vezes o meu valor como pessoa.
    Você tem toda razão, não sou bom em escrever. Hoje tenho uma secretaria e amiga que faz revisão em tudo que escrevo. Agora com a refroma ortografica, ficou muito pior para mim.
    Não sei porque perdi a cabeça, isto me tirou toda a razão. Não há merito algum no sacarsmo. O primeiro Edu tem o direito de ver o mundo da maneira dele. Eu já estou mais vivido, tenho 37 anos e te confesso tenho muito que aprender e de uma certa maneira ver o mundo mais light. Sou bom com numeros, gostaria de ser tão bom assim com pessoas e a lingua materna.
    Peço desculpas ao Ivan e Edu. Foi mal a minha atitude.

    Abraços.

    Edu-02

  • Jackie

    Ivan,

    Também não fui legal. Sorry.
    Mas já estou um pouco cheia das insinuações e criticas infundadas de algumas pessoas aqui do blog.
    A critica desde que seja construtiva ela e sempre super bem vinda.
    Ivan could you forgive me?

    Jackie

  • http://ospensadoresblog.blogspot.com/ Pedro Torres

    o que existe no Brasil não é democracia nem ferrando.
    é a ditadura do capital, do consumismo…
    a minuria mais poderosa que a maioria populacional tem mais que riquezas, entao essa minoria sempre governa, e quando alguemd a maioria tenta governar tem 2 possibilidades, esse cidadão vira a minoria também (vide Lula) e/ou a direita fica com raivinha e fica dando alfinatadas neste cidadão (vide Lula e o que a veja fasz com ele).
    Eu não acreditoq ue isso seja democracia.
    lol

  • JB Paranhos

    Atenciosamente para “Edie Ota”:

    parece que interpretação de texto, é problema da língua portuguesa, não é só da educação no Brasil…

    Tudo bem.

    Mas, eu estou reclamando de que mesmo hem, “Edie Ota”?

  • Klaus

    Para Patux (3)
    Esta frase é do livro “Animal Farm” de George Orwell. Neste conto, os porcos assumem a lideranza numa fazenda.

  • Pcockenpot

    Estava lendo os dialogos Edu, Edu 2 e Ivan. KKKKKKKK. O Homem é um ser estranho. Sem ofensas.

  • Eduardo MLZ

    Não acho que retirar a obrigatoriedade do comparecimento nas urnas à melhor saída, entendo que aconteceria uma retirada em massa da classe menos favorecidas nas eleições (menos interessados em política, e mais em camisetas grátis).

    Penso que deveríamos sim cobrar que POLÍTICA faça parte da grade escolar, para que a discussão passe a ser bem vista por todos, e não como um sinônimo de discórdia.

  • Monsueto Araujo de Castro

    MOVIMENTO NACIONAL PELA VALORIZAÇÃO DO VOTO – MONAV

    Na luta contra a fraude e a corrupção eleitoral

    Como adepto do Movimento Nacional Pela Valorização do Voto – MONAV,

    CREIO

    na força do voto livre e soberano, como meio de instituir e preservar a prosperidade e a justiça social no País;

    CREIO

    na democracia sustentada e garantida pela Constituição, que coloca os direitos de todos no plano de igualdade;

    CREIO

    na verdade eleitoral como ato de consciência e na verdade do Poder Representativo votado livremente;

    CREIO

    na derrota definitiva da corrupção, na derrota da mentira, na derrota do poder do dinheiro, que atentam contra a dignidade do voto;

    CREIO

    na vitória final de nossa luta contra os que pretendem subordinar o Poder do Voto ao poder econômico;

    CREIO,

    finalmente, que ao nosso lado estarão todos os verdadeiros democratas, independentemente de filiação partidária ou classe social.

  • luciano mourete

    uma merda

Voltar para o topo