17/03/11 Christian Gurtner

O Manuscrito de Voynich

O Manuscrito de Voynich

De todos os misteriosos artefatos arqueológicos que já foram encontrados por aí, o Manuscrito de Voynich talvez seja um dos que mais fazem os PhDs e outros profissionais quebrarem a cabeça para desvendá-lo.

Wilfred M. Voynich, um colecionador e pesquisador de livros raros, encontrou o manuscrito em 1912, na biblioteca de um colégio jesuíta perto de Roma.

Escrito por volta de 1.400, é composto de 246 páginas (originalmente tinha 262) com diversos textos e figuras.

Até aí, tudo bem, pois isso lembra a história de qualquer livro antigo. Mas o Manuscrito de Voynich está escrito num idioma jamais visto em qualquer outro lugar e que ninguém, dentre os vários gênios da linguística, criptografia e arqueologia, foi capaz de traduzir sequer uma palavra.

Na verdade, não foram capazes nem de determinar se trata-se de um documento criptografado ou um outro idioma em si. Vários pesquisadores que trabalharam em cima do livro dizem que ele possui, sim, sinais de que é um idioma, mas que, pode, sim, estar criptografado.

Tentaram, sem sucesso, decifrar os textos usando como base os diversos idiomas da antiquidade e até mesmo os idiomas utilizados na idade média.

Muitos passaram a considerar o manuscrito um engodo, mas não um engodo moderno, e sim medieval, já que os exames de carbono-14 comprovaram que o manuscrito foi criado na Idade Média. Mas qual o objetivo de pregar uma peça dessas? Dinheiro? Poder? Ou simplesmente rir antecipadamente dos “idiotas” que iriam gastar anos e anos de suas vidas tentando desvendá-lo vários séculos depois?

Mas a questão do engodo é descartada por diversos especialistas, pois, segundo os defensores, a estrutura dos textos mostra que trata-se , sim, de um alfabeto e palavras.

O que é então? Um manuscrito alien?

Os ufólogos de plantão vão adorar isso: as imagens presentes no manuscrito vão desde botânica e medicina até astronomia. O problema é que os vegetais retratados são completamente desconhecidos e existem formações que se encaixam perfeitamente com a forma da Via Láctea – lembre-se: época medieval.

Outra das ilustrações mostra mulheres nuas banhando-se numa espécie de piscina com um estranho encanamento.

Tudo no manuscrito é estranho. Tão estranho que quase nos faz defender a teoria do embuste. Não há informações sobre o autor ou qualquer outra pista sobre essa misteriosa obra. A única referência antiga que temos é uma carta escrita por volta de 1600 especulando que o manuscrito foi escrito por Roger Bacon, um frei franciscano. Mas isso foi só um palpite do autor da carta.

Uma teoria que também vem ganhando adeptos é de que o manuscrito fora escrito por Leonardo da Vinci quando jovem. Intrigante, porém possível.

Tratando-se do Manuscrito de Voynich, tudo é possível e plausível: um idioma desconhecido, um texto criptografado ou simplesmente um genial e complexo engodo.

Fotos do Manuscrito de Voynich

9u676
9u676
23
23
65
65
543
543
657
657
765
765
876
876
3254
3254
4567
4567
7564
7564
7654
7654
7684
7684
567567
567567
o151
o151
Encontrou um erro? | Tagged: , , , , ,

Sobre o autor

Christian Gurtner Escritor, pesquisador, estuda sobre história e mistérios e é piloto comercial de aviões. Fundador e editor do Escriba Cafe (Siga o autor no Twitter).

Use o formulário abaixo para reportar um erro

Selecione o tipo de erro/problema:

Descreva com detalhes o problema:

ANTI-SPAM: Responda utilizando um numeral:

Quanto é cinco menos três? 

  • Henrique

    A teoria de Da Vinci até faz sentido se você reparar como a caligrafia dessas palavras lembra o estilo da caligrafia do Leonardo. Vejam um trecho: http://www.worldofstock.com/slides/PCO2125.jpg

  • Barao Ferreira

    ah…cara eu adoro o palpite de ser alienigena porque so reforça o que um amigo meu falou: “os alienigenas sao hoje oque os deuses eram no passado” se nao existe uma forma plausivel ainda ” foram os alienigenas
    mas eu confesso que adoraria que fosse mesmo

    • Henrique

      Sim, Carl Sagan costumava falar que os alienígenas são nossa mitologia atual.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=575067585 Thahy Valente

    Tão intrigante que nunca havia ouvido falar…

  • Hueligton Pereira de Melo

    Simplesmente intrigante.

  • William Silva

    Escrita élfica ?

  • http://www.facebook.com/templariosp Thiago Simões

    Fascinante!

  • carlos caldas

    O artista que desenhou isso estava em outra dimensão.

    mushroom tea :)

  • Gigi Heuer

    Não creio que seja um engodo, não teriam porque acreditar em alguém que perderia tempo tentando ler isso, como acontece mesmo.
    Mas o que é, nem me arrisco a palpitar.

  • Gigi Heuer

    Não creio que seja um engodo, não teriam porque acreditar em alguém que perderia tempo tentando ler isso, como acontece mesmo.
    Mas o que é, nem me arrisco a palpitar.

  • Bruno Feitosa

    Acredito tratar-se de uma história ou um conto, talvez uma odisséia ou uma edda poética…
    Tratando-se de uma nova lingua(talvez) mas o “alfabeto” é claramente o “europeu-ocidental” vindo dos fenícios…
    J. R. R. Tolken não criou linguas para seus povos em suas histórias? Não poderia ninguém telo feito antes?

  • Emazevedobol

    Esse manuscrito é uma psicografia!

  • http://twitter.com/maicon9 Maicon Dantas

    Poderia ter sido escrito por um humano que foi levado por Alliens para outro Planeta, (Brincadeira… kkk)
    Mais com certeza tem algo escrito ali, até porque na idade media as pessoas não eram tão inteligentes, e não tinham tanto interesse em biologia ou qualquer outro mistério que aparecesse em sua frente, um cidadão da idade media poderia até tentar descifrar mais iria deixar de lado muito rápido, (oque faz acreditar que não se trata de um engodo) até porque ninguém ia se dedicar tanto pra fazer uma coisa que logo iria se deixar de lado,)
    Também podemos perceber que não se trata de um engodo porque as palavras são padronizadas e parecem ter uma logica,caso foce um engodo seria um texto sem logica alguma, sem padrão!

  • http://www.facebook.com/carlosbazuca Carlos Roosevelt Marques

    Eu já li sobre o assunto a muitos carnavais passados, gostei de relembrar e agradeco a oportunidade. A possibilidade do embuste existe, sim, os motivos (por mais loucos ou impraticáveis) sempre serão justificados.
    Quanto ao que foi proposto (um documento redigido por homens abduzidos), há muitos documentos assim. Os próprios livros espíritas de Chico Xavier (leiam Parnaso do Além Tumulo) e a História de Sinuhe (egipcio), também temos relatos na história como Enoque (apócrifos) e Preah Pisnokar (mitos cambojanos).
    Ainda ha muito o que se encontrar neste mundo, nossa história nesta terra é incrível e desmedida, sabemos mais sobre Marte e sobre a nossa Lua do que sobre nosso próprio quintal.

    Qualquer coisa, passem no meu blog
    http://gregaeudaimonia.wordpress.com

  • http://www.felideo.com.br/ Felideo Desittale Paravimnce

    Eu prefiro ouvir os podcasts do que ler um post, mas este realmente me intrigou!!! Vou favoritar para pesquisas curiosas de dias ociosos que estão por vir!!!

Informações e Contato