03/01/11 Christian Gurtner

Solipsismo – a esquizofrenia filosófica

Você existe?

Talvez não. Há uma corrente filosófica que prega que somente “eu” e, consequentemente, minhas experiências são reais. Todo o resto, incluindo as demais pessoas, árvores, móveis etc, são criações de minha mente. Trata-se do solipsismo.

É claro que, você que lê esse artigo e possui consciência de sua existência, tem certeza que existe e que, se essa teoria está correta, eu é que sou uma criação sua.

Portanto, para entender melhor, vamos colocar você (sim, você que está lendo esse texto) como o “ser existente”, para entender melhor o solipsismo.

Você existe. Eu, sua família, seus amigos, colegas de trabalho, pessoas que andam pela rua, enfim, todas as outras pessoas além de você, todas as plantas, prédios, árvores, flores etc, são criações de sua mente. Nós, as outras pessoas, não temos consciência, pois somos parte da SUA consciência. Nós não pensamos. Tudo o que fazemos e falamos é exatamente o que você criou.

Podemos ter uma certeza, ou, pelo menos, um de nós pode: “Eu existo”. A partir do momento em que você tem consciência de sua existência e adere ao solipsismo, tudo a sua volta se resume numa grande e complexa ilusão. Você existe e eu te digo que também existo. Mas eu não tenho como lhe provar que eu realmente existo e que não sou uma criação de sua mente, da mesma forma que você também não tem como me provar. Mas como você sabe que existe, a única certeza que pode ter é que, pelo menos você, sem dúvida, é um ser ou, talvez o único ser. Enquanto eu, posso existir de fato, ou não. Para você, sou somente uma possibilidade.

É nessa hora que começam a rir dessa teoria. Ela já foi ridicularizada por muitos pensadores, porém, assim como a fé religiosa, é algo impossível de provar que não é verdade.

Contudo, podemos pensar nas seguintes questões para argumentar contra o solipsismo:

Se sou eu que crio tudo à minha volta, por que…

  • não sou milionário?
  • acontecem coisas ruins na minha vida?
  • várias pessoas pelas quais me apaixonei não me corresponderam?
  • não tenho várias coisas que desejo?
  • sou surpreendido muitas vezes?
  • outras pessoas me ensinam coisas que eu não sabia?

São várias perguntas que, supostamente, tiram a lógica dessa teoria. No entanto, quando você sonha, você não tem tudo o que deseja, coisas ruins acontecem, você é surpreendido, você “aprende” coisas novas e tem vários amores não correspondidos. E o sonho nada mais é do que uma criação de sua mente.

No entanto, nos sonhos, você voa, transforma-se em animais e faz coisas inimagináveis na “vida real”. Dá para ficar louco ao se aprofundar no solipsismo, afinal, você também criou coisas inimagináveis, como bombas nucleares, holocausto, violência, estupro, assassinato, guerras por toda a parte e até o Bin Laden. Que mente suja a sua, hein?

Além disso, você também criou a banda Calypso, o funk carioca e o Big Brother. Tsc, tsc, tsc.

É interessante pensar que, como único ser existente, você criou muitas coisas que ama e que odeia. Criou pessoas melhores e piores que você, mais ricas e mais pobres, mais felizes e mais tristes… você criou uma balança, onde tudo é harmonizado pelo dualismo do bom e do ruim. Como se isso fosse algo necessário para que suas experiências em seu mundo o mantenham vivo (assim como no filme Matrix, onde o agente Smith explica que o mundo perfeito não deu certo, justamente por que era perfeito).

Eis então que você, mendigo que perdeu toda a família, vive na miséria absoluta e cheio de doenças, por alguma ironia do destino lê esse artigo e pensa: “Solipsismo o c…..! Eu sou consciente e não existe nenhuma vida pior que a minha”

Eu respondo: você é somente fruto de minha imaginação.

Acho que é com essa resposta que temos tantas desgraças no mundo. Políticos, o povo sofre! “E daí?”- pensam eles – “vocês não existem”.

Obrigado ao Carlos Caldas pela sugestão

Tagged: , , , , ,

Sobre o autor

Christian Gurtner Escritor, pesquisador, estuda sobre história e mistérios e é piloto comercial de aviões. Fundador e editor do Escriba Cafe.

  • Christian Maneiro

    Christian, simplesmente genial.

    Muito bom, e parabéns a você e ao Carlos Caldas, que sugeriu o tema.

  • Carlos Caldas

    Olá Chistian,ficou beleza o artigo, eu sempre tive essa teoria na cabeça,e por um acaso (será mesmo?)encontrei uma materia que falava sobre isso , e achei muito interessante e quis compartilhar, ainda bem que não sou o unico a ter esse pensamento (eu acho).
    Parabéns pelo site e pelos podcast’s.

    • http://www.escribacafe.com Christian Gurtner

      Carlos, na verdade fui eu quem teve a idéia de escrever sobre isso, afinal, você nada mais é do que fruto da minha imaginação :-)

      Abraços

    • Rodrigo Rocha

      kkkk // Pensar nisso é de enlouquecer… Afinal, oque somos? fruto da imaginacao do Christian ou o Christian e fruto da minha imaginacao?

    • Ana Paula

      Todos vocês são fruto da minha imaginação muahahahaha

  • Bubasign

    * Penso, logo existo. Ou penso, pois existo ? O que existe, nós ou nossos pensamentos ? Talvez nós não estejamos aqui, apenas nossas mentes criando um mundo irreal para o nosso entretenimento, talvez eu seja fruto de sua imaginação, ou talvez você e eu sejamos um fruto da imaginação alheia. Nos questionamos o tempo todo sobre diversas coisas, mas raramente paramos para pensar por que estamos aqui e por que vivemos e sofremos… Devemos nos perguntar ? Não sei, mas mesmo assim eu pergunto, mesmo sem obter as respostas. Eu pergunto, e mesmo sem saber o porquê das perguntas, me pergunto, por que ? Eu não sei, não sei…”

    – Rei Ayanami

    • Ana Paula

      Évocê quem sempre pergunta no yahoo respostas, em que ep de Neon genesis evangelion a Rei diz essas palavras?

  • http://www.pso-scriptum.blogspot.com Mr.Poneis

    Wahahaha… é, informação demais para mim… Me faz pensar que se isso for verdade, me falta realmente aquilo que é necessário para transformar o mundo conforme a minha vontade, seja lá o que isso for… que droga…

    até mais ver
    mr.poneis

    Ps.: Se importam se eu passar adiante? (conheço um pessoal que talvez compreenda estas palavras melhor do que eu)

  • Skoteinós

    Parabéns Christian Gutner é um ponto de vista a ser analisado. Vale a pena levar em consideração o que o Filosofo pre-socrático Heráclito de Éfeso vulgo (Skoteinós) diz: A Physis, (segundo os filósofos pré-socráticos, é a matéria que é fundamento eterno de todas as coisas e confere unidade e permanência ao Universo, o qual, na sua aparência é múltiplo, mutável e transitório) esta sempre em eterno movimento ou seja “tudo flui”, “tudo se move”, exceto o próprio movimento partindo dai deixo uma questão a ser levantada, O que é o Christian Gutner? a não ser parte do movimento transitório que assim o rege… sendo assim de nada adianta singularizar a experiencia humana colocando para o individuo o preceito de que este é o centro de tudo capaz de acreditar que tudo simplesmente flui a sua vontade. Fazendo uma alusão a Platão cabe a vocês (quase ninguém) que leem este comentário supostamente “Despertados” lutarem não somente pelo despertar dos “camaradas” mostrando a todos a sua volta as vantagens sintetização da raça humana como uma forma de consciência universal. Ou seja o que pode ser mais importante do que a existência do meu camarada? é possível existir num contexto sintetizado ? o que é mais importante eu ou a comunidade? Todos vão dizer que eu estou dizendo uma utopia… Mais o que é a igreja Católica a não ser a sintetização de uma desejo de monopólio…

  • http://keniachan.blogspot.com Kenia Chan

    Sempre encontro fundamentação nestas teorias filosóficas. São boas, tem sentido.

  • Alexandre Bühler

    Meu pai me disse uma coisa certa vez que poderia se dizer que é a teoria oposta da solipsismo:
    “Quando eu tinha cerca de 10 anos certa vez eu criei a seguinte teoria, de que só eu existo, nada mais ao meu redor, e que todos só existem em função da minha vida poder ser completada ao ponto dela parecer real o suficiente para eu acreditar nela”

    Não é atoa que hoje em dia ele seja bipolar e veja alguns vultos as vezes, não que ele seja louco, mas apenas que tais pensamentos acabam por deixar as pessoas distantes da realidade, bem também o que é realidade de fato, não é?

  • Iskaminien

    Meio megalomaníaca essa teoria, né.

  • RaphaeL Mello

    Essas teorias são sempre muito interessantes …ao menos se conseguissemos nos firmar a uma única e gastar a vida a testá-la e prová-la seria ótimo..mas a cada dia surgem coisas cada vez mais malucas e interessantes e pessoas que misturam tudo e seguem a todas…se ao menos as teorias fossem as unicas preocupações…mas aí vem:família trabalho, contas, contas, contas, relacionamentos, amigos, trabalho, violência, impostos, crises, guerras, solidão, drogas, miséria, catastrofes…
    E aí chega a hora em q sua cabeça dá um nó e começa a entrar no limiar da insanidade…e surgirão pessoas tri, tetra, penta e por que não hexapolares…

    E tudo isso é culpa minha?! … Se precisarem de mim estarei em depressão …

    Mas por que precisariam de mim se são frutos da minha mente???
    **PARAFUSO**

  • RaphaeL Mello

    Essas teorias são sempre muito interessantes …ao menos se conseguissemos nos firmar a uma única e gastar a vida a testá-la e prová-la seria ótimo..mas a cada dia surgem coisas cada vez mais malucas e interessantes e pessoas que misturam tudo e seguem a todas…se ao menos as teorias fossem as unicas preocupações…mas aí vem:família trabalho, contas, contas, contas, relacionamentos, amigos, trabalho, violência, impostos, crises, guerras, solidão, drogas, miséria, catastrofes…
    E aí chega a hora em q sua cabeça dá um nó e começa a entrar no limiar da insanidade…e surgirão pessoas tri, tetra, penta e por que não hexapolares…

    E tudo isso é culpa minha?! … Se precisarem de mim estarei em depressão …

    Mas por que precisariam de mim se são frutos da minha mente???
    **PARAFUSO**

  • Caio Gomes

    Eu já vi isso em outro lugar: O Guia do Mochileiro das Galáxias. Mas sinceramente, quem pensou nisso tava muito louco… de ‘dorgas’ mesmo. Simplesmente porque não tem fundamento, e é concebível porque não há resposta, ou melhor, há respostas pra tudo nessa forma de pensar, porém, é uma ideia completamente inteligível. Eu poderia dizer que não é fundamentado porque estamos tendo esta discussão, mas o tal do solipsismo é prático e responde simplesmente: “Because it is”. Então é uma completa perda de tempo e pode chegar a ser parainóico se é que existe alguém que vive com esta forma de pensar.

  • http://twitter.com/m4tri_x Thiago Fernandes

    “você também criou a banda Calypso, o funk carioca e o Big Brother. Tsc, tsc, tsc.”

    Melhor argumento para fortalecer a ideia de que é fantasia o solipsismo, mas pensando bem existem muitos adeptos mesmo, como no ultimo paragrafo do artigo.

    Porém inserindo o solipsismo junto a ficção do Filme matrix e completando algumas partes com o filme A ORIGEM, podemos analisar de um ponto diferente e não deixar de validar a possibilidade da existencia.

    Digamos que o principio de tudo seja realidade da matrix, porém como o mundo perfeito não deu certo então seriam incluidas regras basicas para que de acordo com o filme A ORIGEM a sua mente completasse todo o resto a sua volta por questão de sobrevivencia. A nossa conciencia não precisa alimentar-se de necessidades da nossa ignorancia, daquilo que nos foi ensinado como base para nossa evolução cognitiva.

    o.O

  • Fernando Favacho

    Christian, que tal pegar o gancho desse texto e fazer um podcast sobre o Wittgenstein? “Os limites da minha linguagem são os limites do meu mundo”. Assom você juntaria o solipsismo com a filosofia da linguagem, onde os termos da linguagem são os exatos termos da realidade, e tudo o que conhecemos é através do filtro da língua, nossos óculos para o mundo (assim você investiga também Vilém Flusser).

  • http://www.facebook.com/people/Vinicius-Porazza-Dias/1016286278 Vinícius Porazza Dias

    Eu descobri recentemente o escriba por puro acaso, e confesso que ando com os podcasts no ipod ouvindo para todo lugar que vou. Cara, é esse tipo de conhecimento que as pessoas deveriam buscar na web. Excelente trabalho, sou jornalista e fotógrafo, se precisar de alguma colaboração, é só gritar. Abraços. Vinícius Porazza

  • Miguelp

    Devo dizer meu amigo que nao concordo com os seus argumentos.

    O mundo que nos vemos nao e o mundo que um solipsista cria. Apobreza, a guerra, tudo o que ha de mal e e condenavel, sao fruto das suas experiencias com o mundor real exterior e consequencia das suas impressoes do mesmo. Obviamente que na mente dum solipsista a criacao deste mundo nao sera igual a sua, dai que na sua mente nao haverao estas ideiasque referiu.

    Abraco

  • Carlos Caldas

    Miguelp

    Você é uma criação logo não existe. O solipsista é tudo até você.Enfim você não existe logo seu argumento”estranho”não tem fundamento, já que você é uma criação. Tudo é uma criação. Nada existe á não ser o solipsista (EU).

  • Bill Ferreira

    Ser ou não ser, eis a questão! o dualidade esta em tudo, a partir do momento que sua mente cria algo, ela cria dualmente, Um Paradoxo, esta em toda as coisas percebida ou criada, independente de quem ou o que cria o que chamamos de realidade, eu vc e todas as coisas que percebemos fazemos parte de uma unica Unidade, somos todos um aqui, ali, ai e em todas as direçoes…
    Bill Ferreira
    Email Hairstylist2010@hotmail.com

  • Arshsud

    Devemos sempre olhar para nós mesmos e se descobrir com as experiência, mas devemos dar esta mesma liberdade para as pessoas. Usar o solipsismo para nos conhecer ao observar o mundo a nossa volta é uma grande aventura. Mas devemos contribuir para que o outro também tenha esta mesma experiência enriquecedora!
    http://www.ponderarerefletir.blogspot.com

  • Andreza Silva

    Muuito bom, o artigo!

  • pedro

    imagine o louco no hospício que acha ser napoleao (ou jesus, que é o personagem mais recorrente nesse tipo de instituiçao). ele tem plena convicçao de que os fenômenos que ele experiencia sao reais, mesmo que com nosso olhar externo isso nao se concretize. agora imagine que você é o louco no hospício, o que impede que sua realidade seja a criada?

  • Pingback: William Lane Craig ÉUm Solipsista Epistemológico! « Rebeldia Metafísica

  • http://www.renatoxavier.com/katipsoi-zunontee Katipsoi Zunontee

    Muito estranho esse tipo de pensamento. Só de pensar que existe pessoas que vivem dentro de uma imaginação assim pare o fim do mundo. Será que Katipsoi Zunontee
    teria alguma explicação para isso?

  • Camilamelina

    Absolutamente demais!! Texto incrível!!!

  • http://twitter.com/renatadiem Renata Diem

    Pelo Solipsismo fui eu que criei o Solipsismo? Éde pirar! hahaha

  • Sidney_pd

    Sei lá acho que entra bem no pensamento de Descarte : ” Penso, logo existo” . A única certeza que eu tenho é que eu existo. Existo por que estou contestando essa existência , o resto não tenho como provar que exista, nem mesmo meu próprio corpo, só minha consciência . E não acho que esse pensamento seja o fruto das desgraças do mundo .

  • Gerson

    Para quem quiser ir um pouco mais além nessa doutrina filosófica:
    http://www.youtube.com/watch?v=bWt0A7zj9qA&feature=fvsr
    Nesse vídeo ha subsídios muito interessantes sobre a natureza da realidade. Veja e depois dê sua opinião.
    PS. Carlos Caldas, por acaso vc é de Nova Iguaçu?

  • Gabriel Vinicius

    O mais incrível de tudo isso, é que sem mesmo saber que o “solipsismo” existia, eu sempre pensei dessa maneira. O que me deixa intrigado mesmo, é a coincidência, de minha pessoa ter assistido A trilogia Matrix ontem, e tudo isso ter haver com Matrix. Se essa teoria é verdade, então eu posso mudar coisas que Eu criei com minha mente, então aguardem, o mundo ficará melhor… Estranho, não? Eu falando com meu próprio pensamento!!!! rsrsrs

  • Ana Paula

    Muito bom, não pude deixar de rir, mas afinal você existe ou isso foi fruto da minha imaginação?

  • Eduardo Henrique

    Olha, eu imagino que eu, sendo um solipsista, possa admitir que não tenho realmente o controle de todas as coisas, ou seja, que nem tudo é realmente criação da minha mente, como dito no texto.

    Porém eu tenho consciência de que este mundo é preparado apenas para mim, o único ser pensante desde universo. Mas será? Creio que não seja absurdo pensar, a partir desta linha de pensamento, que eu tenho controle apenas das coisas que me cercam, enquanto os demais aspectos tenham sido preparados para mim por outra fonte… Talvez um outro ser pensante!

  • Ágatha Flora

    Não acho que essas perguntas tiram a lógica do solipsismo. Se eu pudesse deixar minha “vida” perfeita só imaginando, seria fácil demais acreditar que realmente só eu existo, mas vai que algo ou alguém não queira que seja tão fácil? Nada que me cerca tem alguma condição de me provar a existencia se eu só posso ver as coisas de dentro de mim. Pode ter sido tudo inventado por mim ou por uma mente superior a minha… ou talvez seja tudo real e sem graça como realmente aparenta. Enfim… não tenho como saber. Adorei o post!

  • vocé é Deus!

    Você ai que está lendo este comentário (sim você mesmo), saiba que você é a pessoa mais poderosa desse planeta, você é a única consciência universal, e você pode TUDO nesse universo, nós somos meros fantoches de uma ordem natural criada pra você. Você pode sim ser milionário, basta querer. Coisas ruins acontecem na sua vida porque simplesmente você ainda nao desenvolveu toda a potencialidade de sua mente. As pessoas por quem vc se apaixonou nao o correspondeu por falta de vontade e atitude sua. Vc nao tem várias coisas que deseja porque você nao está desejando com vontade, e a solução pra o que vc quer está aí ao seu lado, sem o MINIMO ESFORÇO. Vc é surpreendido porque ainda nao tem a consciencia de que você é o único ser do mundo. As pessoas te ensinam coisas que você acha que não sabia, mas no fundo você já sabia, é uma mesma coisa contada com outras palavras, alías de forma prolixa e desconexa, porque no fundo você já sabe tudo! Tudo o que você precisa pra perceber que isso que eu to falando é verdade é você meditar 15 minutos ao dia ao amanhecer e mais 15 quando estiver pra dormir. Em 2 semanas o resultado é garantido!

  • JGermano

    Eu sei que não deveria postar pois no fundo sei que só estou respondendo para mim mesmo já que todos vocês na verdade não passam de ilusões criadas pela minha mente. Mas fazer o que, eu sou louco mesmo e criei toda essa loucura, e na verdade eu descobri essa teoria… Nossa! Sinto que estou falando sozinho, já que ninguém existe além de mim… ^^ Na verdade talvez exista vários seres como eu, em tempo e espaço diferente, que criaram seu próprio mundo.
    Tenho outra teoria: O mundo acabou e eu fui condenado ao inferno. O que é o inferno? É um individuo preso em sua própria mente, condenado a ter esperança em um mundo sem esperança (afinal você passa a “vida” toda tentando alcançar o que mais almeja e não obtém exito) . E neste inferno existe reencarnação mas não da forma que outras culturas pregam, na minha teoria (que não tem nome) a pessoa “morre” da seguinte maneira, a mente da pessoa dá um delete no seu mundo imaginário e começa outra frustrante história para você! E esse é um ciclo sem fim. Para quem é programador deixo meus últimos comentários, acredito que Deus é um bom programador, e para o inferno ele deixará algo parecido com um loop infinto ^^. Nossa esse artigo está me deixando louco…

  • Douglas

    Ridicula as ideias usadas contra a teoria, por acaso vc tem controle de seu subconciente? e a respeito de sonhos… nao importa quais possam ser o seu conceito de sonho ou como acontece, vc nao tem controle total sobe ela, oq logo descarta todas as ideais (embora tudo apresentado seja apenas um unico argumento)

  • Eduardo

    “É nessa hora que começam a rir dessa teoria. Ela já foi ridicularizada por muitos pensadores, porém, assim como a fé, é algo impossível de provar que não é verdade.”
    Não, você acabou de fazer uma inversão do ônus da prova. Se você acredita em algo, você tem que provar que essa coisa existe, não os que não acreditam provar que ela não existe. É a mesma coisa que eu falar para você que tenho uma bola de baseball. Não é você quem deve provar que eu não tenho, mas sim eu provar que a tenho.

  • Leia mais

    A piada é fraca, e a ideia de desmerecer um sistema de pensamento que não entende é mais fraca ainda.

    Você não conseguiu diferenciar modo de vida de filosofia. O solipsismo não é uma exacerbação do Eu, uma megalomania esquisofrenica. Ele é uma dedução filosófica, inclusive muito razoavel dentro de si mesma. O que não quer dizer que alguem vai ler tudo sobre o tema pra poder sair falando por ai que é o unico ser existente. Ele é uma forma de conhecimento.

    Dica – vá alem de ler a Wikipedia.

  • Wellington Santos

    Impossível responder e por essa deficiência tudo o que têm é o deboche.
    Russel o fez, e embora tenha sido um mestre da lógica, não pode por esta mesma, refutar a destruir sem deixar pedra sobre pedra, a perspectiva solipsista. Bom texto.

  • Antonio

    O início da explicação tem relevância. A partir da ridicularização do conceito, fica tudo errado. As perguntas do tipo por que não sou milionário, não tem a ver com solipsismo. O adepto do solipsismo não cria por vontade própria o que está à sus volta. Isto seria magia, ou coisa de tolos. O solipsista convive com o que vê a seu redor, mas essas coisas não teriam existência real, que pudesse ser provada. Quer que eu desenhe?

    • http://www.escribacafe.com Christian Gurtner

      Na verdade eu gostaria que desenhasse sim.

    • Mauricio

      Interessante que o debate perdura já por três anos. Em meditação o solipsismo é o máximo alcance. É irrefutável. Todos os sinais de nossa consciência o afirmam. Aliás, nossa consciência evoluiu e nossa realidade exterior acompanhou: sentimos isto como um fato real. Então é o colapso da onda, a consciência cria a realidade e tudo que esteja ao alcance de nossa percepção é nossa responsabilidade criativa. Mas será que há entrelaçamento, sobreposição, ou é apenas a minha consciência que cria. Creio que a minha consciência cria a minha realidade e, provavelmente, os personagens conscientes de minha realidade também possuem uma consciência que em um dado momento se entrelaçou. Juntos aprendemos. Ao solipsista não é permitido julgar e culpar ao outro. Não há uma ofensa que lhe tenham direcionado que não tenha sido elaborada por sua consciência para o seu aprendizado. http://www.averdadenaoexiste.com.br

  • Paulo

    Existência, realidade, eu, consciência, tempo, espaço, ordem, caos e movimento são conceitos, representações fragmentadas de um todo orgânico não antropológico, desenvolvidas a partir de percepções sensoriais antropológicas, expressas e analisadas através de uma lógica linguística que aspira criar uma ponte teórica entre o não antropológico e o antropológico. Em razão desta ponte também ser antropológica, sujeita às regras da lógica humana, sujeita sobretudo às crenças, sujeita aos sentimentos, sujeita aos interesses políticos, sujeita ao tipo de personalidade de cada pensador, também a ponte teórica, dita filosófica ou científica, será sempre uma representação daquilo que ela deseja estudar. Assim, o platonismo e o racionalismo, ou variações, como o solipsismo, são bons sistemas lógicos de compreensão da realidade, assim como inúmeros outros sistemas de pensamentos, entretanto, todos eles são sistemas humanos, sujeitos às crenças, fundamentalistas ou não, sujeitos à lógica(será a lógica confiável mesmo?), sujeita à massificação política, sujeita ao vulgar senso comum e tudo mais que é verdadeiramente humano.

  • Amigo da Alice

    Tive uma paranóia muito forte com isso numa viajem de 25i-NBOMe. Agora procurei no google e vi que existe já a minha teoria escrita. Mas eu fui mais longe, não só as pessoas eram partes da minha formação de consciência como cada uma delas desempenhava um papel, como ser meu lado ruim, meu lado bom, a própria consciência – Ego e Superego (na sua parte tangível) – e outras, partes do meu ID. Tive viagens grandes com relação as teorias de Freud e das representações do Falo e da sexualidade do ser humano. A ponto de acreditar que eu só seria feliz se me relacionasse comigo mesmo. Mesmo porque o sexo com outro é uma ilusão. Nossa, eu realmente passei mal aquela noite e não consigo parar de pensar nisso. Lets hope I won’t become the madhatter, right?

  • Mauricio Marques

    Quando Nietzche diz que “não existem fatos mas apenas interpretações”, ele está sendo adepto do solipsismo?

Informações e Contato