27/11/09 Christian Gurtner

UFO′s: Afinal, eles exitem?

UFO - OVNIUFO, sigla do inglês Unknown Flying Object, o que aqui no Brasil chamamos de OVNI (Objeto Voador Não Identificado) mas, nomenclaturas à parte, já que “UFO” se internacionalizou, a questão é: Eles existem? Todo mundo tem uma resposta, eu também.

A vida em nosso planeta é resultado de uma mega-sena cósmica. A pequena pedrinha que chamamos de Terra, conseguiu algo muito mais difícil do que o espermatozóide que hoje é você: A distância exata do Sol, uma lua estrategicamente posicionada, uma órbita ideal, planetas em volta formando um excelente escudo e sugador de meteoros e finalmente…. bem, podem ser duas opções:

a) Reações químicas criadas por tempestedades criaram o primeiro ser que poderíamos chamar de “vivo” ou;

b) Um meteoro caiu na terra com micróbios ou bactérias alienígenas que deram a sorte de chegar nesse exato planeta com toda a infraestrutura natural necessária para se desenvolverem.

Tanto faz, em ambos os casos as coincidências são tão grandes que muita gente acaba cedendo para a crença do Ser Criador (Siga-o no Twitter). O que não pode ser também descartado, afinal pode muito bem existir, não um velho barbudo dando ordens e soltando pragas, mas um ser, uma força inteligente ou consciente, a Matrix universal, um mistério. Ou então um nada… mas de onde veio o nada? Como o nada virou “algo”? Bem, Quando estivermos num boteco com uma caneca de cerveja continuamos esse assunto, voltemos para os UFOs…

Onde quero chegar: apesar de mínima a possibilidade, a probabilidade de existir outro planeta como o nosso é grande, afinal mesmo um número como 0,000000001% já engloba muita, muita coisa mesmo, no universo, imagine então 0,01% de chance, que é a conclusão de um estudo de Andrew Watson? Elementar, meu caro…

new_horizons

Sonda New Horizon

Agora vamos diminuir mais ainda as chances de um UFO nos visitando: Nós ainda não temos tecnologia nem pra mandar um macaco pra Marte, aliás, para trazê-lo vivo de volta, e como não temos vizinhos inteligentes a nossa volta, teríamos que sair dessas redondezas para encontrar algo. Vamos então fazer uma viagem para fora de nossa vizinhança e viajar até a Proxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol:

  • Próxima Centauri está a 4.22 anos-luz daqui, ou 271.008 UA (Unidades Astronômicas) ou simplesmente algo em torno de 40.000.000.000.000 km (Quarenta trilhões de quilômetros).
  • A nave mais rápida que já criamos, a Sonda New Horizons, viaja a 60.000 km/h, ou seja, levaríamos aproximadamente 76.100 anos para chegar até lá. Mas…
  • Vamos supor que estamos muito no futuro e, ao contrário do que os cientistas afirmam, conseguimos viajar na velocidade da luz e conseguimos já desenvolver uma nave com autonomia para esse tipo de jornada: nossa viagem até Proxima Centauri seria de “apenas” 4.22 anos.

Agora sim. Se levarmos em consideração que os aliens estão milhões de anos tecnologicamente a nossa frente, e que eles já viajam na velocidade da luz ou por dobra ou por teletransporte ou qualquer coisa assim, então temos aí a possibilidade de não só existir vida lá fora como que também que já chegaram até nós.

Mas é exatamente essa afirmativa que desbanca a maioria dos amantes de teorias de conspiração: Aliens na Area 51? Discos voadores caindo em vários lugares do planeta e o governo recolhendo para pesquisas e escondendo da população?

Alien bêbado

Éisso que dá

Se uma civilização extra-terrestre já possui tecnologia inimaginável para nossa pobre e ignorante ciência que ainda nem nasceu direito, o que nos faz pensar que eles vão construir uma nave incrível, viajar por dobras do espaço-tempo, enfrentar as “leis” da física, superar obstáculos que consideramos “insuperáveis”, para chegar no nosso planeta e bater num poste?

Se eles nos visitam, provavelmente as cobaias somos nós.

Mas é interessante refletir sobre as teorias dos Ufólogos radicais, os adeptos das “Teorias de Conspiração”, os confrontando com os próprios argumentos deles. Vamos lá:

CASO 1

Conspiração: Os casos mais famosos e “consistentes” de “quedas” de naves alienígenas aconteceram durante a Guerra Fria.

Escriba Theory: Guerra Fria = Corrida armamentista = Extremo desenvolvimento bélico = Milhares de protótipos = Milhares de erros = Milhares de quedas e avistamentos de naves estranhas = Exército fazendo de tudo para recolher os restos para não revelar ao inimigo seus projetos secretos.

CASO 2

Conspiração: O governo brasileiro possui arquivos secretos confirmando que fomos visitados por UFOs, e a prova final está no caso do ET de Varginha.

Escriba Theory: Hein? Nosso governo não consegue esconder nem coisas como o mensalão, compra de votos, desvios, roubos e vai conseguir esconder algo tão grande quanto arquivos secretos sobre UFOs? Já o ET de Varginha merece uma teoria à parte.

O ET DE VARGINHA

varginhamaconheiro

ET(?) de Varginha

Vamos começar com o fato de que Varginha, uma cidade que, se não fosse o ocorrido, ninguém nem saberia em que estado fica, hoje atrai turistas, ufólogos etc. O prefeito no época não economizou em enfeitar a cidade com discos voadores e réplicas do ET. O comércio adorou. Até mesmo no site oficial da prefeitura o caso é relatado

Mas vamos ao caso em si: três garotas, que estavam juntas, viram uma criatura estranha de olhos vermelhos num terreno baldio. A primeira a ver tinha 16 anos, as outras 14 e 22. Foram só alguns segundos antes que elas saíssem correndo.

Escriba Theory: Não sei quanto a vocês, mas em alguns segundos sou capaz de ver até o Elvis Presley caso meu cérebro se depare com algo que não consegue definir e processar de imediato. Épreciso mais tempo para o cérebro processar informações que, inicialmente, o enganaram. Se não temos esse tempo, o que vai ficar na nossa cabeça é a informação criada pela emoção e pela definição baseada em lembranças (inclusive de filmes). O cérebro não aceita uma informação desconhecida, portanto ele vai tentar interpretar tudo o que vemos, ouvimos, cheiramos e sentimos. Querem um exemplo prático? Coloque um pendrive em seus computadores com um arquivo de um documento do qual vocês não têm o programa para abrí-lo. O computador não saberá como “ler” aquele arquivo, mas também não aceitará que o arquivo não seja exibido e lhe perguntará “com o que você quer abrir esse arquivo”? E você está com pressa e a única opção que vê na lista é o “bloco de notas” e clica. Abrirá o bloco de notas com milhares de caracteres esquisitos, que você nem sabia que tinha no seu computador. Aí está o ET no terreno baldio: Se você dedicasse mais tempo para descobrir qual o programa para abrir aquele arquivo e instalasse o mesmo, aí você conseguiria, de fato, processar o arquivo e descobrir que era somente um powerpoint idiota.

A notícia logo rodou pela cidade toda e como o corpo de bombeiros, a PM e o exército estavam fazendo uma movimentação fora do normal, o boato logo virou fato e pronto: o pólo turístico de ufólogos era criado. Ufólogos afirmam que os bombeiros, a PM e o exército estavam envolvidos no sequestro e pesquisa do ET. Mas o que ignoram, ou querem ignorar, era o fato de um rapaz de uma família “poderosa” da cidade havia sido assassinado na delegacia da polícia civil e seu corpo era transportado para o IML, e também nesse mesmo dia o primeiro transplante de coração seria realizado na cidade e o órgão estava chegando na cidade naquele momento – quer movimentação maior que essa?.

E pra fechar com chave de ouro, as garotas afirmaram que dias depois, quatro homens de terno foram à casa delas e ofereceram muito dinheiro para que elas negassem em público que tivessem visto o ET. Nenhum adulto estava presente.

Homens de preto

Apelaram pra suborno?

Escriba Theory: Policia militar e bombeiros conseguindo manter segredo sobre um ET? Rá, conta aquela do português agora. E acho que as garotas esqueceram de dizer que os ternos dos homens que as visitaram eram pretos, eles usavam óculos escuros e estavam com um aparelhinho que “apaga” a memória. Além do mais eles ofereceram dinheiro vivo, muito dinheiro. Vamos por esse lado: Por dinheiro as pessoas são capazes de fazer coisas muito piores do que negar que viram algo estranho.

Conclusão: Acredito que exista vida inteligente fora da Terra. Mas acho pouco provável que somos visitados (muito embora eu gostaria que sim). Menos provável ainda são as teorias de conspiração. Já Varginha, bem, tem doido pra tudo hoje em dia, não é?

“Contra fatos não há argumentos”. Mas, entendam:

Fato = (Ocorrido – Emoção) + (Razão + Análise) x 3

Encontrou um erro? | Tagged: , , , , ,

Sobre o autor

Christian Gurtner Escritor, pesquisador, estuda sobre história e mistérios e é piloto comercial de aviões. Fundador e editor do Escriba Cafe.

Use o formulário abaixo para reportar um erro

Selecione o tipo de erro/problema:

Descreva com detalhes o problema:

ANTI-SPAM: Responda utilizando um numeral:

Quanto é cinco menos três? 

  • Humberto Gomes

    Sobre o “caso Varginha”, sendo ou não alucinação das garotas, gostaria que tivesse ocorrido na cidade em que moro. O crescimento da cidade após o ocorrido foi incrível.
    Concordo que o poder público aproveitou e muito da situação, mas a população de Varginha agradece…

  • http://egomorto.blogspot.com/ SIlasTorres

    Muiiiito bom… haushas e concordo com voc~e em algumas coisas… e estou com saudade do Cast… =/

    Abraços…
    @silastorres

  • Erivelton_lima

    é com certeza…

    seria muita coincidencia neh existir vida em outros planetas e eles começarem a nos visitar…neh…

    mas tivemos mais 100milhoes de evolução…de só a lua tem 5 bilhoes de anos..

    teria bastante tempo para essas coincidências…

    é quem sabe os humanos não vão ser os alienigenas que vão invadir outro planeta daqui alguns 1000 anos…

    “a vida é uma caixinha de surpresas e coincidências podem acreditar.”
    Neil Armstrong

    é ele esteve lá…

  • Felipe Maricato Moura

    Por que todo mundo pensa que a vida fora da terra tem que ser mais evoluida que a vida que se encontra aqui?

    • Thiago Gingobr

      Porque se nao fossem mais evoluidos como eles viriam ate aqui?
      =)

  • henrique

    Ué, não entendi porque o Christian fala que a chance de haver vida em outros planetas é enorme porque é 0,01% e blablabla, e aí fala “Agora vamos diminuir mais ainda as chances de um UFO nos visitando” oO

    Mas ei, uma das garotas não tinha 22 anos? Isso em teoria significa ser adulta, né? :P

    • Nando

      Caro Henrique, sugiro que conheça as obras de Carl Sagan, assim entenderá o que ele quis dizer com 0,01% e blablabla rsrs Ps: Na prátrica, conheço pessoas bem maduras com cabeça de criançinha, elas ainda tem amigos imaginários, acredita?

    • henrique

      @Nando

      Minha dúvida nada teve a ver com o 0,01%…

    • Nando

      Amigo Henrique! Qual é sua dúvida? Gostaria de pensar um pouco sobre ela? Abraço…

    • Vi_ni_ps

      também não entendi cetico e incredulo…

  • Bernardo Schuchter

    Cara… 22 anos não quer dizer nada…

    • Edely

      Querido avoado, quantos anos você tem? 22?

    • Bernardo Schuchter

      Eu faço 22 mês que vem! Por isso reitero 22 anos não dá crédito pra ninguém. Idade não é um documento que dá mais ou menos credibilidade a uma pessoa, obviamente falando de modo mais profundo.

  • http://www.obfs.com.br Osvaldo Baratela

    Gostei do Escriba Theory. Acredito que de alguma forma todos os envolvidos no caso ET de Varginha tiveram importância, seja pela divulgação da cidade ou discussões sobre UFOs.
    Futebol e Samba seriam temas interessantes para uma visita tão ilustre? (rs)

  • Beholder

    Você começou definindo com palavras tudo o que eu penso. Hehehe… Contudo, depois descordei de algumas afirmações mas, enfim… opinião é opinão.
    De qualquer forma, parabéns pelo excelente texto. Possui passagens esclarecedoras embora, como você mesmo citou, os “conspiracionistas” raramente aceitam ser “rebatidos”.
    Abraços!
    PS: Estou com saudades dos Podcast’s. Hehehe…

  • http://www.amorepoesia.org Daniel Amaral

    Ó, escriba, Christian Gurtner,

    Concordo em parte com o que você diz.
    Realmente alguns avistamentos podem ser meras alucinações e enganos. Aliás, a grande maioria é… Mas existem casos insuspeitos, testemunhados por pessoas também acima de qualquer suspeita que estão documentados. O Dr. Joseph Allen Hynek, astrofísico designado pelo governo americano para investigação no Projeto Blue Book era ao início também um cético tendo posteriormente se tornado um defensor da idéia…
    Eu vi de perto um UFO pairando na vertical atrás de uma montanha e não estava sozinho . O meu relato está no MUFON e NUFORC… Estava completamente sóbrio naquele momento, pois não bebera nem usara nenhuma droga.
    Não podemos tentar compreender uma coisa para a qual não estamos preparados nem temos capacidade. Talvez um dia consigamos uma explicação. Mas não neste momento. Quem viver, talvez, um dia verá.

    Abraços e parabéns pelos podcasts em alta definição e muito bem produzidos, sem dúvidas merecedores de destaque.

    • Vi_ni_ps

      Gostei do que disse,sou novato nesse assunto.Acredito piamente que existe vida em outros planetas e que eles venham nos visitar,gostaria muito de ter contato direto mas vamos espera pra ver.Vi alguns objetos estranhos outro dia fiquei tão curioso!!

  • Flávia Santos

    Há, ri bastante lendo!
    Acredito que deva haver vida em outros lugares sim. Afinal, seria muita pretensão nossas acharmos que estamos sozinhos em todo o universo, fora que seria triste. Mas não acho que seriam serezinhos verdes cabeçudos dizendo “Levem-me ao seu líder.”.
    Concordo com a teoria do Escriba sobre a Guerra Fria e os supostos discos voadores. Os caras seriam capazes de qualquer coisa pra se fazer de louco e não contar o que estava tramando. Sobre o Brasil estar escondendo ETs, realmente, faz-me rir pensar uma dessas. Que piada! Sério que tem gente que realmente acredita nisso??
    Sobre Varginha, concordo com o fato delas poderem ter se enganado. Realmente, nosso cerebro prega peças. Mas tambem não acredito que as gurias tenham visto algo muito normal. Tem mais coisas por aí do que a gente sabe, né? Mas realmente, tem bem a cara de um golpe de marketing, tipo o gurizinho do balão nos EUA, lembra?
    De qualquer jeito, adorei o que tu escreveu. Ri muito, mesmo!
    Um abraço e estou no aguardo pelo podcast do Brasil!

    • henrique

      “seria muita pretensão nossas acharmos que estamos sozinhos em todo o universo”

      Todo mundo tem essa frase no ctrl+C?

  • Rodrigo

    Bom eu gostei muito do artigo e acredito na vida em outros planetas por ser religioso e acreditar em Deus, e as escrituras podemos encontrar muita base pra isso.

  • wolvewilson

    Pq é mais fácil o homem passar por cima de sua própria ciência, e acreditar na teoria da evolução, achar que tudo é obra do acaso… Étão dificil assim olhar ao redor e ver o criador na sua obra?! Outra coisa, onde nas escrituras sagradas encontramos base para acreditar em UFOs?! Podem até existir claro, mas isso não tem base biblia alguma… Gente vamos nos preocupar com nossa humanidade, que esta cada dia mais perdida em nossa sociedade insana, vamos nos voltar para nosso criador… Vamos deixar de perder tempo!!!

    • Bernardo Schuchter

      Cara… minha mãe é católica (não daquelas fervorosas). Um dia meu irmão, com seus 6 anos mais ou menos, perguntou a ela se existia “E.T.”, ela responde com uma frase de Jesus na biblía (não sei se tá ao pé da letra, mas a idéia é essa) “Muitas são as moradas de meu pai”.

    • henrique

      Como é que é essa parada de “base bíblica”, fazendo o favor?

    • Thiago Gingobr

      Hehehe! O insano-fanatismo é divertido.

  • Paulo Lopes

    Christian adoro os seus podcasts tal como adorei todo o artigo, no entanto fiquei na duvida sobre duas coisas; a primeira foi a referencia ao português (talvez por ser), a segunda tem a ver com a palavra “fato”, estara voce a fazer referencia aos fatos pretos dos senhores ou a palavra “facto” e agora vou ter de pedir desculpa mas nao sou opologista do chamado acordo Ortografico, pois que me lembre ainda nao ouvi falar de os Americanos imporem palavras do seu vocabulario aos Ingleses e mais tenho de aceitar tambem que voces nao falam Português mas sim Brasileiro que eu gosto sempre de ouvir, mais uma vez as minhas desculpas em especial pela falta de pontuacao mas o teclado e Americano (nao Ingles), e estou com muitas saudades do podcast.

    • henrique

      Naah, acho que sequer passou pela cabeça do Christian relacionar fato com os ternos da dupla.

      E então o teclado americano não tem ponto final? :|

    • Edely

      Caro luso, quero crer que em seu país também tenha dicionário ou algo que o valha, para entender melhor o que diz gostar de ouvir (no caso, o “brasileiro”) porém, por questão de, talvez, cortesia ao país irmão, continuamos a designar nossa Língua Pátria como português, embora meu lado ufanista sinta-se lisonjeado palo “rebatismo” de meu idioma pátrio, rompendo definitivamente com o jugo lusitano.
      Acredito, outrossim, que o acordo ortográfico tem por função simplificar e unificar um idioma que é falado em tantos lugares no globo. Provavelmente seja apenas uma questão de maioria…

    • Paulo Lopes

      o próximo dia 1 de Janeiro, entra oficialmente em vigor em Portugal um Acordo Ortográfico que pretensamente iria unificar as normas europeia e brasileira da Língua Portuguesa.

      Esta “unificação da escrita” envolve, além de Portugal e Brasil, os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), ou seja, Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Cabo Verde, além de Timor-Leste e ainda as diversas comunidades da chamada “diáspora”. Envolve portanto todo o espaço lusófono, sendo o Português a 7¬™ Língua com maior número de falantes a nível mundial.

      As principais fundamentações para esta “uniformização” resultam evidente e flagrantemente falsas.

      Enumeremos apenas cinco delas, um pouco arbitrariamente.

      1. Afinal, não é abolida a “dupla grafia” porque, em inúmeros casos, ela se mantém (como em FACTO/FATO), e porque, em muitos outros, é desta mesma reforma “unificadora” que resultam duplas grafias que antes não existiam (em RECEPÇÃO/RECEÇÃO, por exemplo).

      2. Afinal, não existia – e nunca existiu – um problema, já que apenas o Brasil (e, em especial, as editoras brasileiras e alguns empresário brasileiros) poderiam apresentar presumíveis e hipotéticos prejuízos por menor penetração nos mercados lusófonos. Mas esse problema – económico e social – surge agora, com a implementação do AO, através da imediata, inerente e directamente consequente ruína de incontáveis empresas de tradução e de serviços conexos, bem como todas aquelas que, em Portugal e nos PALOP estejam ligadas às áreas da edição, por exemplo.

      3. Afinal, não se trata de “simplificar” a norma-padrão (a adoptada até agora por todos os países lusófonos menos o Brasil): as inconsistências e contradições e ainda os absurdos erros técnicos, as indefinições e as lacunas contidas na base-de-dados lexical e no próprio texto do AO tornam impossível, na prática, levar a cabo qualquer espécie de “reforma” ou de “implementação” com um mínimo de credibilidade, de sustentabilidade ou sequer de viabilidade, tanto a curto como a médio prazos.

      4. Afinal, não serão “apenas” 1,6% das palavras do Português europeu (nem tampouco 0,45% do Português do Brasil) que serão afectadas pelo AO. Não foram apresentados estudos ou resultados (nem sobre este aspecto nem sobre nenhum outro igualmente relevante, como o impacto económico inerente) que demonstrassem aqueles números; e nem seria possível apresentar semelhantes estudos ou números, de resto, pela simples razão de que as palavras não são propriamente objectos contáveis, com conta, peso e medida rigorosamente iguais. Mas foi precisamente com base nestas percentagens, ditas “irrisórias”, que se fundamentou também a necessidade e o relativo “reduzido impacto” do AO na Língua, quando, por antítese, se ia justificando a inexistência de acordos similares em outras Línguas por… as diferenças serem poucas: ou seja, em Inglês, Francês e Espanhol não há necessidade de acordo porque as diferenças são poucas, mas em Português há absoluta necessidade desse acordo porque… as diferenças são poucas!

      5. Afinal, o AO não era – não é – do interesse geral dos países, dos povos e das diversas culturas que integram a Lusofonia. Tanto assim é que em nenhum deles houve um único referendo, e para mais tratando-se, como se trata, de um assunto que diz respeito a património e identidade nacionais; o AO foi acordado, aprovado e promulgado exclusivamente dentro e no âmbito do jogo político-partidário, sem qualquer intervenção efectiva de entidades e organizações com responsabilidades nas áreas da Cultura de cada um dos países. E isto apesar de todos os estudos e pareceres dessas entidades (a única prerrogativa, meramente formal, que lhes foi concedida pelo poder político) terem sido negativos, não se conhecendo um único favorável ou que minimamente lhe concedesse alguma espécie de crédito. Em todo este processo, que envolve uma evidente questão de soberania, os povos foram apenas e só soberanamente ignorados.

  • Thiago Gingobr

    Qualquer possibilidade relacionada ao universo é infinita.

    O professor citado provavelmente faz uma análise do que foi mapeado pelos astrônomos até o momento.

    Visitas de alienigenas é uma possibilidade aceitável, cair desse tanto já é improvável.

    Mas como tudo é possibilidade, tudo é possível, até mesmo um planeta com a sua população tão evoluída quanto a nossa, e que em vez de enterrar os seus entes queridos eles os lançam ao espaço, (entregando-os de volta à mãe-universo). Teoria idiota, porém válida.

    O caso de Varginha é fraude bem-sucedida.
    Uns dizem que as meninas viram o chupa-cabra, outros dizem que foi o demônio, outros que foram E.T.s… o último vendeu mais. Eu nunca tinha ouvido a versão dos MIBs, só a dos bombeiros que chamaram o exército. Engraçado como a do MIB faz mais sentido. hehe!

  • JF da Mooca

    Pessoal, em algum planeta desse imenso universo, deve haver vida, mas com certeza essa espécie de vida não será igual nós e bactérias não pilotam discos voadores.

    ET que anda, acho que só mesmo a minha sogra.

  • http://twitter.com/Asus26 Asus

    tipo, eu so loko de pedra, ja vi de tudo nessa vida… e provavelmente na passada tb, mas o que acho interessante e que, no caso do ET da Varginha, subornaram as meninas para negarem a vistagem do “suposto” ET… ja ouvi outros relatos de pessoas que viram UFO’s e ET’s e que, pessoas estavam no momento ou perdiram para nao falar nada. Um caso desses aconteceu com meu amigo do canada que fiz joigando Cabal Online, ele estava voltando do treino de hockey e viu uma “estrela” fazer zig-zag no ar, e no final, se separar em tres e voar novamente, e um homen, estava parado do outro lado da rua olhando o acontecimento, depois este olhou para meu amigo, fez sinal de silencio e foi emboa… teve muitos outros casos que ouço pelo documentarios.
    Uma observação do acontecimento e que, quando voltava de São Paulo, uma luz azul voava pelo ceu, em linha reta, achei que era um meteorito ou um avião, mas ele se separou em 3 e se separaram, um indo em cada direção(um continuou reto, o outro foi para o lado esquerdo ou direito, nao lembro, e o ultimo foi para traz), como houve com meu amigo, isso nos intrigou, mas no final ne fikamos discutindo sobre isso, parece mentira, ate eu acho estranho, mas aconteceu =S

  • Roans Cleyton

    o suposto E.T era apenas um mendingo q tava dando um cagão, os olhos vermelhos era pq ele tinha acabado de fumar um “scheid”.ponto final

  • http://podcats.com.br Bruno Carvalho

    Parabéns pelo artigo! Muito interessante.
    Apenas uma correção, UFO não significa UNKNOWN Flying Object, significa UNIDENTIFIED Flying Object (Objeto Voador Não-Identificado).

  • Ton

    MUito bom seu artigo. Parabens

  • Nikopol

    Boas, gostei deste post, embora acho eu, que deveria ter uma analise mais aprofundada! Esse caso no Brasil não cheguei a conhecer, mas sei que existe muita coisa nesta terra que nem a nossa filosofia sonhou. Tenho conhecimento de casos bem bizarros, dignos de um Sherlock Holmes! Nas minhas divagações da minha adolescência tive experiências bem interessantes. Mas, “quem busca encontra!”
    Abraços deste lado do oceano

  • Jairo Wilson Müller

    Desculpem amigos praticantes da Bíblia mas parece que voces só leem a biblia, orientados pelos pastores, sem coragem para analizar e imterpretar sua leitura. Claro que a Bíblia cita fatos ufológicos… quem já leu o livro de “Ezequiel”, sabe que ele viu algo parecido com aviões, com asas, com piloto, com luz eletrica, que voava… claro que ele explicou a coisa do geito dele, colocando nome de espírito até nas rodas da nave mas, por mais louco que ele pudesse estar, jamais iria dar uma descrição tão minuciosamente detalhada de um avião. que faltava mais de tres mil anos para ser inventado… “carros de fogo” e muito mais que agora não vou citar mas, creio que tem muito mais gente que percebeu esse fato.

  • http://cargocollective.com/odiralmeida Odir Almeida

    Sempre fui cético, e ainda o sou para muitas coisas. O caso é que em meados de 2003, estava de carro indo para um sítio em Paty do Alferes e vi um objeto sobrevoando um campo a esquerda realmente incomum, diria que não humano. Arrisco dizer que quando “eles” perceberam nossa presença, ativaram uma luz em ao redor do tal objeto para que não mais pudessemos identificá-lo. Extra-terrestres ou não, o fato é que o objeto saiu em disparada retilínea e, pela velocidade empregada, no mínimo faria um grande estrondo de quebra da barreira do som. mas nem um silvo se ouviu. antes que perguntem o que eu tomei no dia, estava completamente sóbrio. Aliás, esqueci de mencionar, outras trres pessoas estavam no carro e também foram testemunhas. meu amigo qe estava no volante ficou em pãnico e acelerou o carro como louco. alucinação coletiva? No dia seguinte, um domingo com almoço de família, comentei o acontecido com o já falecido avô da dona do sítio, morador local desde nascença, negro velho já com seus quase 100 anos nas costas. Ele perguntou com certo descaso se isso tinha acontecido em um local que chamam de Areal por causa de montes de areia que se formam as margem de um rio. “Sim, vô, foi ali mesmo!” respondi empolgado. Novamente sem demonstrar muito interesse, ele respondeu: Ahh.. eles sempre vão ali, deve de tê alguma coisa naquela areia que é bão pra eles…”. Bem meus amigos, é a primeira vez que levo a público essa história. Pra mim é verdade verdadeira porque eu vi com meus próprios olhos. Chego a ficar arrepiado só de lembrar… Abraço a todos!

    • Leandro

      caramba, essa foi sinistra :)

    • Junior

      Eu também já vi um, eu estava voltanode de uma pizzaria quando vi uma luz que vicava andando para baixo e para cima, para a esquerda e para a direita, o meu pai quase bateu o carro olhando isso, era uma luz forte e não tinha aquele rastro de luz de uma lanterna, e mesmo assim se movimentava, e depois sumiu nas montanhas

    • Vitor

      Olha eu já vi isso também e sei qual é o nome desse ser é canhão de luz eu já fui na casa de um cara que tinha um e eu a minha irmã meu amigo e minha namorada ficamo brincando lá com aquele canhão de luz

  • Vi_ni_ps

    A minha esperiênçia foi um tanto assustadora!
    Moro em SP à 7anos no final de 2010 em uma noite de sono comum tive um sonho estranho vou contar-lhes com detalhes:derrepente me vi numa situação de guerra onde discos voadores atacavam o planeta de forma cruel,percebendo que ninguem fazia nada para tentar nos salvar resolvi tomar atitude de fazer algo,andando meio escondido por ente paredes destruidas avistei uma senhora idosa que quando me viu começou imediatamente a desenhar simbolos no chão esses se ascenderam e a luz que saiam deles foi até o céu,de onde veio uma outra nave diferente das outras onde aquela sensação de panico e terror diminuiu.
    Aquela nave posou ao meu lado abriu-se e veio um ser muito iluminado que parecia andar em camera lenta,era alto e parecia muito com aqueles de (A.I)inteligência artificial e caminhando em minha direção tocou em meu ombro e varias formas se passaram deante dos meus olhos ate que parou na forma humana:era uma mulher por volta de seus 40 anos eme convidou a ir comela por uma rua,fui e nesa rua apontou para uma casa e dela saiu um homem negro parecia ter a mesma idade e ste veio a me e colocou a suas mãos sem tocar em me na região lombar onde flutuei imediatamente à 30cm do chão.Ele fazia uma especie de leitura do meu corpo onde suas mãos estavam começei a sintir uma dor que lembravam badaladas de sino vibrando na minha cabeça,enquanto fazia essa especie de análise passa tudo o que via no meu corpo para a et,foi ai que ela tocou a minha mão e me puxou para perto dela.Derrepente acordei assustado e me vi com os braços erguidos e muita dor na região lombar fiquei apavorado tentando entender a dor e porque meus braços estavam como no sonho!!
    Dai começou o meu interese por esse tipo de assunto,foi onde o sonho que tive começou a fazer sentido pra mim.Obrigado pela atênçao…

  • Frobenius

    Vamos como Jack

    1- Não há como mesmo viajar na velocidade da luz.

    2 – Dobras são possíveis. Teoricamente, ainda não temos fonte de energia suficientemente eficientes pra testar.

    3 – Pq um UFO não pode cair? Não existem aliens estúpidos? Uma nave não pode enguiçar? Não existe nada a prova de falhas.

  • http://www.facebook.com/mario.cesar.mancinelli Mário Araújo

    Muito bom cara, parabéns!

    E, deixe-me só te lembrar de uma coisa: OVNI/UFO (não importa a língua) significa apenas “Objeto Voador Não Identificado”. Assim, eles existem sim. Mas podem ser qualquer coisa, até mesmo balões, helicópteros, etc. ;)

    Uma vez o OVNI identificado, deixa de ser um OVNI. (Mesmo sendo identificado como uma “nave ET”) :)

    Já ETs nos visitando… Éextremamente difícil, mas jamais impossível. Enfim, a única coisa que dá pra dizer é: não temos evidências de tais visitas. ;)

    Abraço!

    P.S.: De uma olhada e vê se você se interessa em participar: http://projeto.livrespensadores.org/ – Não é só uma rede de blogs, mas uma forma de nos divulgar uns aos outros e até de tomar decisões e agir em conjunto, se for o caso. ;)

    Abraço!

  • Renan Akama

    n concordo com o caso de varginha e computador é um computador, homem é um ser com capacidade de se desenvolver rapido

  • Junior

    Vocês acham que e uma “conhecidencia” ou “sorte” que estamos tão estrategicamente certos na ligação com a lua,os outros planetas e o sol? Deus esta por trás de tudo isso, olhem quanta conhecidencia de que exista plantas, frutas e outras coisas como a carne tenham um fuincionamento compativel com o que presisamos para viver?

  • Giselle Bortoloto

    A pouco tempo fiquei sabendo de muito coisa que o governo vem escondendo da população por medo sei lá também, não querem perder o poder, porém acho que temos o direito de ficar sabendo de tudo isso muito não tem a consciência de que algo superior exista e está por se identificar não falta muito tempo não. Se eles estão acima da nossa inteligencia é porque são mais evoluídos e tem muito a nos ensinar, ou pelo menos pensar em tanta coisa que ta saindo de estranho , será que alguém seria capaz de invetar tudo isso e associar a fatos? Não meu povo está na hora de acordar pra vida real mesmo , cósmica celestial e divina.

  • Samuel

    Muito boa a analise, mas acredito que os governos possuem conhecimento de situações estranhas, mas diferentemente do que informam eles não possuem informação nenhuma, sem corpo ou nave para analisar, somente casos muitos estranhos que ate hj não possuem explicação, com isso não existem pessoas para vazar informações confidenciais pois elas não existem, com isso se espalha os boatos.

  • Rafael

    Ótimo post, virei fã desse site… :)

Informações e Contato