Alea Jacta Est

Atualizado: 16 de Nov de 2020

Era 10 de janeiro do ano 49 antes da era cristã. Júlio César estava com suas tropas às margens do rio Rubicão, que tem esse nome por causa de sua cor avermelhada.


O rio marcava o limite que qualquer general romano pudesse se aproximar de Roma com suas legiões. Aquele que ultrapassasse esse limite era imediatamente considerado inimigo pelo Senado e combatido como tal. Essa regra protegia a cidade de tentativas de golpe.


Mas nesse dia, uma decisão de alguns passos mudaria todo o destino de Roma.


Após a conquista da Gália, Júlio César, então um dos maiores generais romanos, fora convocado a se apresentar em Roma. Desconfiou que se tratava de uma armadilha arquitetada por Pompeu e outros inimigos políticos. Assim, tendo que atender ao chamado, ele cogitou levar junto suas legiões.


Historiadores da época contam que não foi uma decisão fácil. Ele passou bastante tempo às margens do rio, debatendo com seus aliados aquilo que balançaria as estruturas romanas.


Do outro lado, Pompeu dizia no Senado que César não se atreveria – “Basta eu bater um pé que exércitos virão defender Roma”.


César atravessou o rio com suas legiões. Assim que fez isso, disse: “Alea Jacta Est”, ou em português, “A sorte está lançada”.


No senado teriam ironizado Pompeu: “Bate o pé agora”. A guerra civil que se sucedeu terminou com a vitória de Júlio César.

65 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook
  • Twitter

© Copyright 2004 -2020 Escriba Cafe